Conectando o Amazonas

Polícia Civil prende dupla denunciada por chantagear comerciante e primeira-dama do município de Borba

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da 74ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Borba, sob o comando do delegado Adilson Cunha, titular da unidade policial, prendeu em flagrante, na tarde de domingo (7/4), por volta das 16h, Clidson Yago Guedes Moda, 27, e José Augusto Vieira do Nascimento, 19, denunciados por extorsão. A prisão dos infratores foi efetuada no bairro Cristo Rei, naquele município, distante 151 quilômetros em linha reta da capital.

De acordo com a autoridade policial, em março deste ano os infratores começaram a fazer ameaças a um comerciante de 59 anos e à primeira-dama de Borba, uma mulher de 36 anos, por meio de um aplicativo de mensagens instantâneas. Conforme o delegado, os indivíduos afirmavam ter um áudio que evidenciava o não pagamento de serviços de transporte escolar no município e afirmaram que divulgariam o material, caso as vítimas não repassassem o valor estipulado pelos indivíduos, de R$ 5 mil.

“A dupla estava exigindo dinheiro das vítimas para não divulgar o conteúdo supostamente comprometedor nas redes sociais. Recebemos a denúncia do caso no prédio da delegacia. A partir disso, diligenciamos e montamos campana no local onde iria ocorrer a entrega do dinheiro. Com a chegada dos infratores, constatamos a veracidade das informações obtidas e demos voz de prisão a Clidson e José Augusto, que em seguida foram levados à 74ª DIP, onde foram realizados os procedimentos cabíveis”, explicou Cunha.

Flagrante – Clidson e José Augusto foram autuados em flagrante por extorsão. Ao término dos trâmites legais, eles serão mantidos na carceragem da 74ª DIP, que funciona como unidade prisional em Borba.


Foto: Divulgação / PC-AM



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes