Conectando o Amazonas

Arqueira indígena amazonense conquista vaga para os Jogos Pan-Americanos 2019

O Amazonas tem mais uma atleta com vaga garantida para os Jogos Pan-Americanos 2019. Com apenas 23 anos, a arqueira indígena amazonense Graziela Santos, da etnia Karapana, conquistou mais um feito inédito para o Estado neste fim de semana, na cidade de Maracá, no Rio de Janeiro, ao garantir o primeiro lugar na seletiva de classificação para os Jogos Pan, que serão realizados no período de ‪26 de julho a 11‬ de agosto, em Lima, no Peru.

Atleta do tiro com arco, Graziela faz parte do projeto de Arquearia Indígena do Amazonas, que é uma parceria entre Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Federação Amazonense de Tiro com Arco (Fatarco) e a Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel), responsável pela estrutura de treinamento da atleta, na Vila Olímpica de Manaus.

"É uma alegria muito grande para todo o Brasil ter uma índia nata, representando o país em um Pan-Americano. Isso não tem preço, mas tem um valor inestimável para o Amazonas", declarou Caio André Oliveira, Secretário da Sejel.

A atleta, que contribui para o crescimento, desenvolvimento e fortalecimento da cultura, imagem e autoestima das populações indígenas do Amazonas, é um exemplo a ser seguido.

“A Graziela e os irmãos sempre foram excelentes atletas e possuem um potencial gigantesco. Hoje, posso dizer com propriedade, que ela nos representa sem sombra de dúvida, não apenas pelas conquistas, que são inúmeras, mas pela força e determinação do povo amazonense, que tem sangue guerreiro. Parabéns por todos os esforços e continue sendo referência para os desportistas de todo o Amazonas”, enfatizou Caio.

Considerada uma "gigante" na modalidade, a atleta, que já está com vaga garantida para representar o Brasil na competição Pan-Americana, ainda tem outro desafio pela frente. Em junho, a arqueira viaja para a Holanda, para competir no Mundial de Tiro com Arco, que servirá de etapa classificatória para os Jogos Olímpicos de Tokyo, em 2020.

“Neste momento, deverei me unir aos outros atletas classificados para o Mundial e ficarei em concentração e treinamento com o técnico da Seleção Brasileira, para poder participar desta competição, que é uma das mais importantes do tiro com arco”, explicou.

Feliz com o resultado e com a quebra de recorde pessoal, Graziela comemorou a conquista.

“Tive um excelente resultado na seletiva e estou muito feliz. Bati meu recorde pessoal na pontuação e atirei como gente grande. Mesmo assim continuo com os pés no chão e vou me esforçar ao máximo para melhorar ainda mais, porque ainda há muitos desafios pela frente”, ressaltou.

Jogos Pan-Americanos – Tendo como base os Jogos Olímpicos, os Jogos Pan-Americanos são um evento multiesportivo, organizados pela Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa). Funcionam como uma versão dos Jogos Olímpicos modernos, no qual participam apenas os países do continente americano. Neste ano, a 18ª edição dos Jogos terá a participação de aproximadamente 6.700 atletas de 41 países, em 424 eventos de 39 modalidades.


Foto: Washington Alves / Exemplus / COB



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes