Polícia Civil prende grupo que tentou desviar R$ 500 mil de empresário

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), sob o comando dos delegados Guilherme Torres e Demetrius Queiroz, titular e adjunto, respectivamente, da unidade policial, prendeu em flagrante, na tarde de terça-feira (28/05), por volta das 14h, Aurivan Marques da Silva, 49; Edson de Souza Sena, 52; Jorge Guedes da Silva, 56, e Márcio Roberto Sales de Araújo, 38, no momento em que eles tentavam realizar uma movimentação fraudulenta dentro de uma agência bancária no bairro Centro, zona sul da capital.

Aurivan, Edson e Jorge foram apresentados durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (29/05), às 9h30, no prédio da Derfd. Márcio estava sendo ouvido na unidade policial e, por isso, não foi apresentado. De acordo com o delegado Guilherme Torres, que comentou sobre o caso durante a coletiva, os trabalhos iniciaram na última segunda-feira (27/05), com a prisão de Edson, no bairro Centro.

“No momento da prisão dele, Edson estava com um Registro Geral (RG) falsificado, tentando sacar R$ 120 mil em uma agência bancária. A partir daí, obtivemos informações de que o restante do grupo iria tentar realizar um novo saque na mesma agência bancária, no dia seguinte, e aguardamos os infratores. Na terça-feira (28/05), montamos campana no local e avistamos Aurivan, Jorge e Márcio tentando sacar cerca de R$ 100 mil. Foi nesse momento que eles receberam voz de prisão”, explicou Torres.

Conforme o titular da Derfd, ao longo das investigações os policiais civis da especializada identificaram que esse grupo possui uma conta fantasma em nome de terceiros e que, nessa conta, tem cerca de R$ 500 mil, desviados da conta de um empresário de Goiânia, capital do estado de Goiás. “Estamos instaurando um Inquérito Policial (IP) para identificar exatamente como eles conseguiram realizar esse esquema criminoso. Até o momento sabemos que Aurivan é o líder do grupo e daremos prosseguimento aos trabalhos”, disse.

Aurivan, Edson, Jorge e Márcio foram autuados em flagrante por estelionato tentado. Ao término dos procedimentos cabíveis na Derfd, eles serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.


Foto: Divulgação/PC-AM



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes