Conectando o Amazonas

Ageman notifica Águas de Manaus após desabastecimento prejudicar comerciantes

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) deu um prazo de cinco dias úteis para que a concessionária Águas de Manaus informe os motivos que ocasionaram o desabastecimento de água para os moradores e comerciantes do bairro Nossa Senhora das Graças, na zona Centro-Sul de Manaus.

O problema chegou ao conhecimento da Ouvidoria da Ageman por parte da Associação que representa os comerciantes do bairro Nossa Senhora das Graças. Segundo a reclamação, o desabastecimento começou na quinta-feira, dia 30 e persistiu por quatro dias consecutivos, o que teria ocasionado prejuízos, sobretudo aos estabelecimentos do segmento estético e de alimentação.

A Ageman chegou a acionar a concessionária que informou inicialmente a ocorrência de dois vazamentos nas imediações da avenida Constantino Nery, no entanto, o problema foi corrigido já na sexta-feira, mas mesmo após o conserto, a falta d´água continuou até segunda-feira, dia 3.

Caso a empresa não atenda à notificação da Agência de Regulação, estará sujeita à aplicação de sanções administrativas nos termos previstos no Contrato de Prestação de Serviços Públicos de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Município.

A Ageman assumiu a regulação e a fiscalização dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário da capital em março de 2018. As reclamações e denúncias envolvendo os serviços públicos de água, esgoto, iluminação pública, transporte coletivo, e estacionamento rotativo Zona Azul podem ser registradas pelo 0800-092-3511, presencialmente no Shopping Phelipe Daou, no bairro Jorge Teixeira de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h ou ainda pelo site www.ageman.manaus.am.gov.br/ouvidoria



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes