Conectando o Amazonas

Pessoas com inteligência emocional terão mais espaço na era da Revolução Digital

Um relatório produzido pelo Fórum Econômico Mundial e publicado em março deste ano afirma que até 2020, 35% das habilidades mais demandadas para a maioria das ocupações deve mudar. Com este cenário, pessoas de diversas idades estão buscando novas formações profissionais para atender as necessidades desse novo mercado.

No entanto, segundo a especialista em Gestão de Pessoas, Liderança e Gestão Organizacional, Claudia Pinheiro, ao mesmo tempo em que a Indústria 4.0 potencializa o fenômeno da automação, ela adiciona as interações interpessoais como um elemento novo, fazendo surgir Programas de Inteligência Emocional em todos os lugares do mundo.

Pinheiro, que também é Coach Emocional, explica que o surgimento da Inteligência Emocional é um divisor de águas, que vai além de reconhecer emoções, perceber a dos outros e escolher um comportamento mais leve de vida. Ela reforça que mais do que conhecer as próprias emoções, o Programa de Inteligência Emocional traz consciência emocional e desenvolve ao ser humano o seu poder pessoal. “Desenvolver outras habilidades por meio da inteligência emocional vai ser o seu diferencial, porque é você ser bom naquilo que você se propõe a fazer. Quando você tem o conhecimento, mas não tem a inteligência emocional você acaba deixando a desejar, em termos de relacionamento, comunicabilidade, enfrentar novos desafios e enxergar oportunidades”.

A administradora de empresas Maria Soares, 34 anos, afirma que com o Programa está conseguindo alcançar resultados significativos em sua vida pessoal e profissional. “Antes eu me sentia insegura para realizar algumas atividades da minha vida, principalmente na área profissional. Hoje, me sinto capaz, segura e com certeza, sou muito mais feliz”, declarou.

Na terça-feira (11), a Coach estará inaugurando, em Manaus, a primeira “Escola das Emoções”, com a proposta de ser um espaço voltado para o bem-estar emocional, espiritual, mental e físico de adolescentes, jovens, adultos e idosos.

Escola das Emoções

A escola das Emoções está localizada na rua Salvador, 440 sala 412, Edifício Soberane, Adrianópolis. Mais informações pelo site www.claudiapinheiro.com.br ou pelos telefones 99463-5952 | 99463-5953



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes