Conectando o Amazonas

Polícia Civil prende integrantes de grupos criminosos que atuam na venda de drogas na capital

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Sinval Barroso, diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), falou na manhã desta quinta-feira (13/6), durante coletiva de imprensa realizada às 11h, no prédio da Delegacia Geral, sobre o cumprimento de mandados de prisão preventiva em nome de duas pessoas, por situações distintas, que integram grupos criminosos e atuam na comercialização de entorpecentes na capital.

Durante a coletiva de imprensa foram apresentados Marcos Mota dos Santos, 32, conhecido como “Sombra”, e Lilian de Oliveira Morais, 34. Conforme o delegado, Marcos foi preso pela equipe do DRCO na tarde de quarta-feira (12/6), por volta das 14h, em cumprimento a mandado de prisão preventiva por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. A prisão ocorreu em uma área conhecida como “Bariri”, no bairro Presidente Vargas, zona sul de Manaus.

“Marcos integra uma organização criminosa que atua na venda de drogas no estado. Ele é um dos líderes do tráfico de drogas na área do ‘Bariri’, no bairro Presidente Vargas. Além da venda ilícita, o infrator ainda é o responsável por organizar o dinheiro arrecadado com o tráfico de drogas. A ordem judicial em nome do infrator foi expedida no dia 7 de maio deste ano, pelo juiz Jean Carlos Pimentel dos Santos, da 1ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute)”, disse Barroso.

A autoridade policial destacou que a equipe do DRCO também está investigando Marcos por ordenar a execução de pessoas na área onde atuava. “Estamos investigando o infrator há seis meses e já temos muitos elementos contra ele. Marcos já tem passagem pela polícia por homicídio e tráfico de drogas. Vamos continuar as diligências para elucidarmos outros possíveis delitos cometidos por ele”, argumentou.

Segundo caso – O diretor do DRCO informou que Lilian foi presa pela equipe do departamento na tarde da última segunda-feira (10/6), por volta das 16h, na invasão Cidade das Luzes, bairro Tarumã, zona oeste de Manaus. A ordem judicial em nome da infratora, por tráfico de drogas e organização criminosa, foi expedida no dia 16 de maio deste ano, pelo juiz Jean Carlos Pimentel dos Santos, da 1ª Vecute.

“Lilian atuava no tráfico de drogas naquela invasão, a mando do companheiro dela, identificado como Agnaldo Pereira Gonçalves, que se encontra preso, por atuar na localidade tanto no tráfico de drogas como na ocupação irregular daquela área. A mulher era uma das emissárias de informações do tráfico. Ela integra um grupo criminoso que atua na venda de drogas no Estado”, declarou Barroso.

Indiciamento – Marcos foi indiciado por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Já Lilian foi indiciada por tráfico de drogas e organização criminosa. Ao término dos procedimentos cabíveis no DRCO, eles serão conduzidos, respectivamente, ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) e Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), localizados no Km 8 da rodovia federal BR-174.


Foto: Alailson Santos/ PC-AM



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes