Ameaça: Irã pode suspender importações Brasil

Irã ameaçou cortar as importações do Brasil caso a empresa estatal Petrobras não reabasteça seus dois cargueiros que estão parados no Paraná por falta de combustível em consequência de sanções impostas pelos Estados Unidos.

O embaixador do Irã em Brasília, Seyed Ali Saghaeyan, disse que entrou em contato com as autoridades brasileiras nessa terça-feira (23) para informar que o país pode procurar novos parceiros para comprar milho, soja e carne se as autoridades brasileiras não resolverem a situação, informa o jornal Estadão.

No primeiro semestre de 2019, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o Brasil importou US$ 26 milhões em produtos iranianos. A ureia, um fertilizante, corresponde a 96% desse valor.

Em troca, o Brasil exportou US$ 1,3 bilhão para o Irã no primeiro semestre deste ano, uma alta de 23,85% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O principal produto da relação é o milho, responsável por 36% das vendas. A soja vem em seguida com 34%.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que está alinhado com o governo Donald Trump na questão dos dois navios do Irã que estão parados no Porto de Paranaguá desde junho.

“Existe esse problema. Os EUA, de forma unilateral, pelo que me consta, têm embargo levantado contra o Irã (na verdade, ele quis dizer embargo em vigor). As empresas brasileiras foram avisadas do problema e estão correndo risco”, disse Bolsonaro.


Fonte: Renova Mídia




Postar um comentário

Postagem em destaque

Voluntários podem adotar cartinhas de crianças com pedidos de Natal, na Zona Leste

O Natal é tempo de alegria! O comércio se anima porque muitos querem comprar presentes para compartilhar entre amigos e família. Porém, ne...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes