Conectando o Amazonas

Planeta Rock inicia votação para bandas amazonense se apresentarem ao lado de grandes nomes do rock nacional

Dez bandas do rock amazonense concorrem em uma seletiva realizada pela Ponto Com Eventos. Os selecionados participaram de uma primeira seletiva com mais outras 23 participantes de todo o Brasil. Serão disponibilizadas duas vagas para que a vencedora possa se apresentar ao lado da cantora Pitty, e das bandas Raimundos e CPM22.

Oblivian Manaus, Conhaque Martine, Conduta 92 Oficial, Oficial Bates, Berserkersvr, Fullgas, Banda Jazz, Rahvox, Shellter Band e Banda Lotus disputam o voto popular, pela internet, para garantirem a apresentação no Planeta Rock 2019.

O Planeta Rock 2019 acontece no dia 24 de agosto, a partir das 20h, no Studio 5 Centro de Convenções ( Av. General Rodrigo Otávio, 3555, Distrito Industrial).

Os ingressos já estão disponíveis no www.aloingressos.com.br, nos stands, localizados nos shopping Amazonas, Manauara e Sumaúma, ao preço de R$ 85 (1° lote/meia/rock premium), R$ 155 (1° lote/meia/camarote).

As bandas concorrem ao prêmio de R$ 10 mil, sendo R$ 7 mil para a primeira colocada e R$ 3 mil para a segunda classificada. Elas também terão todas as mordomias que uma banda consagrada nacionalmente tem, como hospedagem em hotel cinco estrelas, camarim exclusivo e transportes para o evento.

A enquete está disponível na página da rede soslaio Facebook da Ponto com Eventos e a votação está prevista para encerrar na primeira semana de agosto. De acordo com o regulamento, cada perfil poderá votar apenas uma vez, para evitar fraude, o programa não aceitará um segundo voto.

Participantes

A banda Ofical Bates já tocou diversas casas que atendem ao público rock na cidade de Manaus, e também já produziu eventos próprios, chamados "Bates convida". Em suas edições, já vieram artistas consagrados nacionalmente como, Tico Santa Cruz, Marcão Britto (Charlie Brown Jr) e Digão, Raimundos.

Outra participante será a banda Conduta092, muito conhecida em Manaus por cantar músicas autorais que fazem críticas sociais. O grupo está presente na cena cultural desde 2017, e atualmente é composto por cinco integrantes, suas principais influências são dos estilos como: rock, rap e samba.

A Conhaque Martine Band também está na disputa. Fundada em 2011 pelo guitarrista e músico Diego Merkel e, também, do vocalista Ronaldo Castro com o intuito apenas de se divertir, eles não tinham ideia que a banda tomaria proporções maiores, suas principais influências vem do grunge e metal.

Já a Berserkers V.R é formada por músicos integrantes de várias outras bandas, sendo Italo Campos (Shellter, High Voltage), Rodrigo Bentes (Somniator, Seven Sinners), Bianca Correia (The Marcianas) e Thiago Gato (ex-Blackout). Ela surgiu apenas para que os músicos pudessem compor músicas no estilo Southern Metal/Rock - ponto comum entre os membros da banda). O projeto deu tão certo que hoje, eles se apresentam em várias casas noturna do estado.

Formada por cinco integrantes, a banda Rahvox também está na briga pela vaga. Incialmente eles iniciaram com um a cover e seu repertório está baseado no Pop Rock nacional dos anos 80 até os dias atuais, tendo como suas principais influências artistas como: Cazuza, Lobão, Capital Inicial, Jota Quest, Legião Urbana, Barão Vermelho, Ls Jack, Engenheiros do Hawaii, Mamonas Assassinas, RPM, Biquíni Cavadão, Paralamas do Sucesso, entre outros mais.

A Banda Jezz iniciou as atividades em meados de 2017, com a proposta de tocar rock com a vocalista Jess Furtuoso, formada em música pela Universidade Federal do Amazonas e já se apresentaram em diversos eventos da cidade.

Enquanto, a banda Oblivian Manaus surgiu no cenário do rock amazonense também em 2017, e já garantiu seu seu espaço no cenário manauara, conquistando a fidelidade de um público que tem abraçado a versatilidade musical da banda, todos com diferentes referências musicais, o que pode ser visto nos locais onde a banda se apresenta.

A disputa fica acirrada com a participação da banda Fullgas, formada em 2011. Eles trazem na bagagem várias apresentações em show nacionais, entre eles: CPM 22, Raimundos, Matanza, Dead Fish, Glória, Forfun e Scracho.

Repeteco

Por outro lado, duas bandas já experientes também participam da corrida pela vaga no Planeta Rock. Sheltter e Lótus. Em 2018, eles participaram do evento e, juntos fizeram um grande show na noite.

A Shellter teve seu início em meados de 2014 com o nome inicial de Soul Seek em uma garagem como a maioria das bandas. Em 2015, após alguns shows e adequações no seu repertório seu nome foi alterado para Shellter, que foi o nome que caiu no gosto dos seus fãs e dos Pub´s de Manaus.

Embora tenha pouco tempo de estrada, já participou de eventos notáveis e abriu shows de artistas como: Frejat, Humberto Gessinger. Seu repertório está em constante mudança para agradar ao público, e por isso se nota a diversidade de estilos e influencias com músicas do System of a Down, Legião Urbana, Cazuza, Rammstein, Iron Maiden, Massacration entre outros

Já a banda Lótus, que dividiu o palco com a Sheltter, foi criada em meados de 2012, apenas com o propósito de fazer um tributo a uma banda. No entanto, com o decorrer do tempo e com a amizade criada, houve a aproximação dos atuais integrantes, que encontraram em si a vontade de levar a banda em frente.

A banda possui cinco integrantes, sendo cada uma, parte essencial para a composição da proposta da banda, a qual consiste em levar ao público o bom e velho rock com um sutil toque feminino. A banda é formada por: May Satier no vocal; Trícia Lima no contrabaixo; Silvana Azulay e Letícia Martins nas guitarras e Rosita Ataiêk na bateria.



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes