Polícia Civil prende detento do regime semiaberto pela autoria de tentativa de homicídio contra o ex-sogro dele

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Pablo Geovanni, titular do 9° Distrito Integrado de Polícia (DIP), falou na manhã desta sexta-feira (26/7), durante coletiva de imprensa realizada às 9h30, no prédio da unidade policial, sobre o cumprimento de mandado de prisão preventiva em nome do detento do regime semiaberto Mário Souza Martins Neto, 37, pela autoria de tentativa de homicídio que teve como vítima o ex-sogro dele, um homem de 54 anos.

De acordo com a autoridade policial, o crime aconteceu na manhã do dia 22 de junho deste ano, por volta das 11h30, na rua Rosa Branca, bairro São José Operário, zona leste de Manaus. Segundo o delegado, na ocasião, o infrator foi até a casa da ex-companheira dele e desferiu dois golpes de faca no ex-sogro, após um desentendimento.

“Ao chegar em frente à residência, Márcio perguntou à vítima sobre o paradeiro da ex-companheira e do filho. A vítima informou que os dois não estavam no lugar e o infrator não acreditou. Então eles iniciaram uma discussão. Por conta disso, Márcio utilizou uma faca para golpear o ex-sogro no peito e no ombro. A ação criminosa foi registrada por câmeras de segurança instaladas próximas ao lugar”, explicou Geovanni.

Prisão – O titular do 9° DIP informou que Mário foi preso pela equipe da unidade policial na tarde de quinta-feira (25/7), por volta das 17h, no bairro São José Operário, zona leste de Manaus. A ordem judicial em nome do infrator foi expedida no dia 5 de julho deste ano, pelo juiz Mauro Moraes Antony, da 3ª Vara do Tribunal do Júri.

Passagens - Conforme o delegado, Mário possui 11 passagens pela polícia, por crimes distintos, como roubo, receptação e violência doméstica. A autoridade policial destacou que o infrator estava respondendo, em regime semiaberto, por roubo, e que já tinha uma ordem judicial expedida em nome dele pelo descumprimento de medidas cautelares.

No 9° DIP, Mário foi indiciado por homicídio tentado. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, o infrator será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá ficar à disposição da Justiça.


Fonte: AI-PCAM/ Foto: Erlon Rodrigues



Postar um comentário

Postagem em destaque

Marinha abre 900 vagas em concurso para jovem aprendiz

A Marinha do Brasil abrirá, no próximo mês, inscrições para um concurso que terá como objetivo preencher 900 vagas de aprendiz de marinhei...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes