Projeto do MPAM concorre ao Prêmio INNOVARE com iniciativa de modernização de gestão

O projeto "Do Processo Produtivo Básico dos Procedimentos Extrajudiciais do Ministério Público do Estado do Amazonas com vistas à Resolutividade – do Fluxo de Atuação em Procedimentos Extrajudiciais" está concorrendo ao Prêmio Innovare 2019, que reconhece boas práticas no Poder Judiciário em todo o país. A ideia central do projeto e a atuação resolutiva, em busca de resultados de transformação social, prevendo diretrizes de atuação funcional de membros do MP e relativas às atividades de avaliação, orientação e fiscalização dos órgãos correicionais. O MPAM recebeu, nessa semana, a visita do representante do Prêmio Innovare Júlio Souza, que avaliou os resultados da ação.

"O projeto tem a finalidade de criar uma metodologia de gestão que atenda também a atividade fim, tornando mais célere, mais resolutivo e mais eficiente o trabalho do membro do Ministério Público. Ele vai fazer um diagnóstico, identificar as demandas que entram naquela unidade ministerial, ver quais são os casos mais simples e os mais complexos, quais demandas têm resolutividade, quais não têm e as razões de não ter, sempre apontando possíveis soluções ", explicou a Corregedora-Geral do Ministério Público, Jussara Maria Pordeus e Silva, que implantou o projeto.

Foco na melhoria da gestão

A resolutividade na atuação ministerial, dentro do que pressupõe o projeto, está sendo implantada na 59ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa dos Direitos Humanos à Educação (Prodhed), com a participação direta da Promotora de Justiça Delisa Olívia Vieiralves Ferreira. As diretrizes do projeto também têm o objetivo de otimizar os trabalhos da unidade Ministerial utilizando métodos modernos de gestão e de atuação baseada na cultura de resultados e não de esforços, trazendo melhorias à coletividade.

"O levantamento é feito em cada procedimento que nós instauramos e que medidas concretas nós tomamos. Se ele foi resolutiva, quantas pessoas foram beneficiadas, geralmente a comunidade escolar como um todo e, às vezes, também até o bairro. É importante verificar o resultado do trabalho, levantamos variáveis que são infraestrutura, transporte, alimentação escolar, cargos, professores, segurança escolar, alunos com deficiência, material escolar e outros que dizem respeito à educação. Então, a gente avalia de que maneira nós estamos resolvendo cada assunto desse", explicou a Promotora Delisa Ferreira.

Sobre o Innovare

O Prêmio Innovare reconhece iniciativas que colaboram para aprimorar o sistema de Justiça brasileiro, reunindo informações sobre trabalhos realizados em todos os estados do país e no Distrito Federal. Os projetos são analisados por consultores especializados, que comprovam a eficácia com informações suficientes para que seja, desenvolvidos em qualquer lugar do país. Esse é o trabalho que o Prêmio Innovare vem desenvolvendo desde 2004, destacando anualmente as melhores iniciativas do Sistema Judiciário e organizando todas elas em uma plataforma de consulta online, para que o público interessado saiba mais sobre como levar estas boas experiências à sua região.


Foto: Hirailton Gomes



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes