Tribunal de Contas inaugura novo e moderno datacenter

O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) inaugurou na manhã desta quinta-feira (4) seu novo datacenter, local onde se guardam os equipamentos para o processamento e armazenamento de dados de todos os sistemas do TCE. A solenidade foi conduzida pela presidente da Corte de Contas, conselheira Yara Lins dos Santos, com a presença do vice-presidente, conselheiro Mario de Mello e dos conselheiros Érico Desterro e Júlio Pinheiro, além do auditor Luiz Henrique Mendes e dos procuradores João Barroso e Carlos Alberto de Almeida e de vários servidores do Tribunal.

O novo centro de processamento de dados é parte das obras de reforma e modernização do Tribunal realizadas na gestão da conselheira-presidente, Yara Lins dos Santos. Na ocasião, a presidente destacou a importância da obra. “O TCE está mais moderno e seguro, não teremos mais problemas como a perda de processos ocorrida em 2017, felizmente recuperada. Agora, o Tribunal terá uma capacidade maior de armazenamento e segurança”, ressaltou, ao agradecer pelo empenho de toda a Diretoria de Tecnologia da Informação (Ditin) no ousado projeto.

O vice-presidente, conselheiro Mario de Mello, parabenizou a presidente pela inauguração. “O TCE pode agora trabalhar com toda a segurança. Parabéns à presidente, por ter essa visão de melhorar e modernizar o Tribunal”, afirmou, ao agradecer o apoio dos demais membros do colegiado.

Com um total de 56 sistemas internos e externos ativos e mais de 1.200 funcionários, o Tribunal demandava um novo datacenter para suprir suas necessidades. A obra inaugurada possui um moderno sistema contra incêndios, nobreak e gerador próprios, além de monitoramento de câmeras e entrada controlada por biometria, que garantem a segurança e pelo funcionamento dos equipamentos. O equipamento é um dos mais modernos do norte do país.

Sustentável, econômico e com capacidade dobrada

O diretor da Ditin, Allan Bezerra, explicou que o datacenter conta ainda com um sistema de resfriamento adequado ao clima quente da Região Norte, consistindo em uma espécie de cápsula que guarda o ar quente.

“Esse equipamento permite a otimização do uso de ar-condicionado, que se concentra em resfriar apenas o ar quente que fica guardado. Isso resulta em uma redução de 70% do consumo de energia, muito mais econômico e sustentável”, relatou o Allan Bezerra, ao destacar que o novo datacenter foi concebido dentro de todas as normas internacionais de segurança e ainda levando em consideração os conceitos de sustentabilidade em respeito ao meio ambiente.

Ainda segundo o diretor, além do apoio irrestrito da presidência para a execução do projeto e, também, da secretária-geral de Administração do TCE, Virna Pereira, e o procurador de Contas, Carlos Alberto de Almeida, que e acompanhou todo trabalho para a instalação do centro de processamentos, desde a concepção até a finalização.

A capacidade de armazenamento de dados será dobrada com o novo datacenter. Para a segurança das informações, uma empresa especializada cuidará do backup dos dados, garantindo que haja sempre cópias de segurança.



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes