Viciado: Adolf Hilter tomava diariamente injeções estimulantes

Apesar de ter sido vegetariano e adotado uma alimentação frugal, a relação de Adolf Hitler com o corpo não era lá muito saudável: ele tomava, diariamente, injeções estimulantes de seu médico pessoal, doutor Morell.

Essa é uma das revelações que traz um dossiê encomendado por Josef Stálin, o todo-poderoso líder comunista da União Soviética, sobre seu então aliado Hitler.

Quando o nazismo estava no auge, o uso de estimulantes servia para que Hitler mostrasse mais vivacidade em seus discursos públicos.

Entretanto, nos anos finais de sua vida, com o líder nazista cada vez mais paranoico, o uso das injeções acontecia com uma periodicidade muito maior.

Por causa do excesso de estimulantes, em 1945, Hitler não podia ficar em pé por mais de meia hora. Além disso, suas mãos tremiam sem parar, culpa de suas crises nervosas, informa o site Aventuras na História.


Fonte: Renova Mídia




Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes