Álvaro Campelo se manifesta sobre situação de venezuelanos na rodoviária

Em Sessão Plenária da Assembleia Legislativa, na manhã desta quarta-feira (28), o deputado estadual Álvaro Campelo (Progressistas), subiu à tribuna para se manifestar a respeito da “Operação Acolhida”, que iniciou nesta terça-feira (27), o reordenamento da área próxima ao Terminal Rodoviário de Manaus, ocupado atualmente por 536 refugiados venezuelanos.

Na avaliação do deputado Progressista, essa é uma ação necessária, em especial, para as crianças que diariamente estão expostas a diversos perigos na localidade. “Parabenizo a iniciativa do Governo do Estado, juntamente com outros órgãos a realocação dos imigrantes venezuelanos que estão vivendo em um ambiente totalmente insalubre e perigoso, principalmente para as crianças que diariamente estão expostas a uma série de perigos”, declarou Álvaro Campelo.

O deputado destacou, ainda, os diversos serviços de cidadania que serão oferecidos aos refugiados na Arena Amadeu Teixeira. “Além da iniciativa de assegurar uma melhor qualidade de vida a essa pessoas, o Governo do Estado também oferecerá diversos serviços itinerantes na Arena Amadeu Teixeira, como carteira de identidade e carteira de trabalho para que esses refugiados possam procurar um emprego que lhes garanta mais autonomia e independência”, afirmou Campelo.

A iniciativa conjunta é das Forças Armadas do Brasil, as secretarias de Estado de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Sejusc), Assistência Social, (Seas), Secretaria Municipal da Mulher, Direitos Humanos e Cidadania (Semasc), Organização Internacional de Migração (OIM), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). Para iniciar a instalação das tendas e contêineres, os imigrantes foram encaminhados para a Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, onde vão permanecer até o término das ações.


Foto: Augusto Ferreira



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes