Bolsonaro quer pedido de desculpas de Macron

O Palácio do Planalto confirmou, na noite desta segunda-feira (26), para imprensa que o governo do Brasil vai recusar a ajuda de U$ 20 milhões oferecida pelo G7.

Questionado sobre a decisão ao sair do Palácio da Alvorada, na manhã desta terça-feira (27), o presidente da República, Jair Bolsonaro, falou que o tema ainda está em aberto e que depende de um pedido de desculpas do presidente da França, Emmanuel Macron.

“Eu falei isso [que recusaria]? O presidente Jair Bolsonaro falou? Primeiramente, o senhor Macron deve retirar os insultos que fez à minha pessoa. Primeiro me chamou de mentiroso. E depois, informações que eu tive, de que a nossa soberania está em aberto na Amazônia.”

Segundo o site Congresso em Foco, Bolsonaro acrescentou:

“Para conversar ou aceitar qualquer coisa da França, que seja das melhores intenções possíveis, ele vai ter de retirar essas palavras e daí a gente pode conversar.”


Fonte: Renova Mídia




Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes