Imprensa da Alemanha quer usar Amazônia para punir o Brasil

O Brasil está em evidência na velha imprensa da Alemanha desde que o presidente da República, Jair Bolsonaro, decidiu rebater a narrativa ambientalista propagada pela chanceler alemã Angela Merkel.

Nas últimas semanas, publicações alemãs falaram abertamente sobre meios de pressionar o governo brasileiro a conservar as florestas, incluindo por meio de sanções.

Na revista Der Spiegel, por exemplo, um artigo de opinião intitulado “É hora de sanções contra o Brasil“, publicado na sexta-feira (16), diz que a Amazônia “diz respeito a toda a humanidade” e defende sanções diplomáticas e econômicas contra o Brasil.

Uma matéria do Frankfurter Allgemeine Zeitung publicada na terça-feira (20) diz que o presidente Bolsonaro “recusa conselhos e avisos” sobre como deve lidar com os cerca de 5,5 milhões de quilômetros quadrados de área florestal no Brasil.

“Os europeus podem tornar a conservação da floresta tropical uma condição para diminuir tarifas? Ou será que isso teria o efeito exatamente oposto sobre Bolsonaro?”, indaga a publicação.

Na última quarta-feira (14), um artigo da colunista Alexandra Endres no jornal Die Zeit diz que talvez seja mais produtivo “atingir o Brasil num ponto que fere mais: os interesses econômicos de seus exportadores, como, por exemplo, fazendeiros, que vendem soja e carne bovina em larga escala para metade do mundo”.


Fonte: Renova Mídia



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes