Índia prende centenas de políticos da Caxemira para conter protestos

Autoridades da Índia prenderam pelo menos 300 políticos e separatistas da Caxemira com o objetivo de conter protestos contra a anulação do status especial da região disputada com o Paquistão.

O governo do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, espera que a repressão ajude a aumentar o controle sobre a região, onde uma revolta armada ocorre desde 1989.

A ação também elevou as tensões com o Paquistão, que reivindica a Caxemira e prometeu lutar pelos direitos da população regional.

Nesta quarta-feira (7), Islamabad disse que expulsaria o embaixador da Índia e suspenderia o comércio bilateral com sua arquirrival.

Milhares de policiais paramilitares foram enviados a Srinagar — maior cidade da região, escolas foram fechadas e ruas e bairros foram cercados por barricadas, informa a agência Reuters.


Fonte: Renova Mídia



Postar um comentário

Postagem em destaque

Marinha abre 900 vagas em concurso para jovem aprendiz

A Marinha do Brasil abrirá, no próximo mês, inscrições para um concurso que terá como objetivo preencher 900 vagas de aprendiz de marinhei...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes