Partido de Salvini pede novas eleições na Itália

A continuidade da aliança entre os partidos Liga e Movimento 5 Estrelas (M5S), que formam o governo da Itáliadesde meados de 2018, está em xeque.

O estopim para a crise interna foi uma sessão nesta quarta-feira (7) no Senado sobre o projeto do trem de alta velocidade (TAV) que liga Turim a Lyon. A obra, apoiada pela Liga, é criticada pelo M5S.

Nesta quinta-feira (8), a Liga, partido do vice-premiê e ministro do Interior, Matteo Salvini, emitiu um comunicado pedindo novas eleições.

“A Itália precisa de certezas e de escolhas corajosas e compartilhadas. É inútil seguir adiante com ‘nãos’, adiamentos, bloqueios e brigas cotidianas. Cada dia que passa é um dia perdido. Para nós, a única alternativa a este governo é dar a palavra aos italianos com novas eleições”, disse a Liga.

“Há o conhecimento de que, depois de tantas coisas boas feitas, fundamentais para o país, como grandes obras de infraestrutura, desenvolvimento econômico, aplicação de autonomias, energia, reforma da justiça e relação com a Europa, entre a Liga e o M5S existem visões diferentes”, ressaltou a nota do partido direitista, segundo a agência ANSA.


Fonte: Renova Mídia



Postar um comentário

Postagem em destaque

Voluntários podem adotar cartinhas de crianças com pedidos de Natal, na Zona Leste

O Natal é tempo de alegria! O comércio se anima porque muitos querem comprar presentes para compartilhar entre amigos e família. Porém, ne...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes