Relação da Odebrecht com jornalistas na mira da PF

Em operação de busca e apreensão, a Polícia Federal (PF) pediu à Justiça autorização para acessar “documentos físicos” que indicassem relacionamento de Maurício Ferro, genro de Emílio Odebrecht e ex-executivo da empreiteira, com “jornalistas e veículos de imprensa”.

Na representação, os policiais relatam um suposto conselho recebido por Marcelo Odebrecht, ex-presidente da construtora, para que ele divulgasse a jornalistas que a Suíça estaria repassando documentos aos investigadores do Brasil.

A juíza Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal de Curitiba, autorizou a medida.

A operação foi desencadeada na última sexta-feira (23), mas a apreensão dos documentos na casa de Ferro acabou não se concretizando.

Segundo o jornal Folha, quando os mandados foram expedidos, o genro de Odebrecht já havia sido preso em outra operação e sua casa já tinha sido vasculhada.


Fonte: Renova Mídia



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes