Wilson Lima sobrevoa região do sul do Amazonas e inaugura centro de gestão ambiental em Boca do Acre

O governador Wilson Lima sobrevoou, neste sábado (24/08), a região sul do Amazonas, que concentra a maioria dos focos de queimadas no estado. Em uma hora e meia foram percorridos cerca de 80 km, na região de Boca do Acre, município do sul do Amazonas, na divisa com Acre e Rondônia.

“Nós viemos exatamente onde há esses focos de calor, esses focos de desmatamento. Constatamos também uma atividade muito significativa de desmatamento para a extração de madeira, de madeiras nobres, a queima para a utilização de pastos,” disse o governador ao fim do sobrevoo.

Acompanhado do secretário de Meio Ambiente (Sema), Eduardo Taveira; do diretor-presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Juliano Valente; e da presidente da comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Estado, deputada estadual Joana Darc, Wilson Lima determinou operação imediata na região.

“A gente acredita que com as ações que nós estamos tomando agora, inauguração de um centro de monitoramento aqui em Boca do Acre e com a operação que nós iremos fazer nos próximos dias, devemos atenuar esses impactos, principalmente da fumaça, e consequentemente prevenindo a questão dos problemas respiratórios, em especial de crianças e idosos”, afirmou o governador. 

“O que nós temos aqui é uma atividade sendo desenvolvida de queima irregular. Nós não temos nenhum registro no Ipaam de autorização de queimada. Confrontando os dados com a base do Ipaam, a base cartográfica do Ipaam, nós já temos identidade e CPF do proprietário e da propriedade. A ação é auto de infração e embargo imediato da propriedade”, explicou o diretor-presidente do Ipaam, Juliano Valente.

Centro Multifuncional - Para intensificar as ações de combate aos crimes ambientais, na região de Boca do Acre, o Governo do Amazonas inaugurou o terceiro Centro Multifuncional do estado. O escritório vai facilitar a gestão ambiental na região e faz parte da primeira etapa do Projeto de Prevenção e Combate ao Desmatamento e Conservação da Floresta Tropical no Estado do Amazonas.

-
“Essa terra pode ser usada de maneira responsável. Há como você produzir, como você desenvolver a pecuária, desenvolver a atividade exploratória de madeira, mas de forma manejada e forma responsável. É isso que nós estamos procurando”, afirmou o governador durante a inauguração do Centro.

A unidade de Boca do Acre vai servir como base de apoio para órgãos estaduais, federais e municipais na promoção de ações integradas no controle da gestão ambiental no Estado e é resultado da Cooperação Financeira Brasil/Alemanha do Banco Alemão de Desenvolvimento KfW com o Governo do Amazonas.

Carta – Antes de embarcar para Boca do Acre, Wilson Lima assinou uma carta destinada ao Governo Federal solicitando apoio material para o combate efetivo ao desmatamento no Amazonas e incremento às ações de fiscalização de atividades ilegais. A assinatura aconteceu na sede da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), no bairro Parque Dez, zona centro-sul de Manaus. O documento também solicita providências imediatas para viabilizar a cooperação dos governos estaduais da Amazônia Legal com o Governo Federal.

Wilson Lima ainda visitou, na manhã deste sábado, a estrutura onde opera a nova metodologia geotecnológica utilizada pelo Ipaam para identificar queimadas e desmatamentos ilegais, permitindo autuar os infratores sem a necessidade de operação em campo.

Fotos: Diego Peres / Secom



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes