Bolsonaro quer depoimento de porteiro à Polícia Federal

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta quarta-feira (30), que está conversando com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, para que a Polícia Federal (PF) colha um novo depoimento do porteiro que o associou a um dos suspeitos do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL).

Em Riade, capital da Arábia Saudita, Bolsonaro declarou: “Estou conversando com o ministro da Justiça para a gente tomar, via Polícia Federal, um novo depoimento desse porteiro pela PF para esclarecer de vez esse fato, de modo que esse fantasma que querem colocar no meu colo como possível mentor da morte de Marielle seja enterrado de vez.”

O presidente também afirmou não saber quem é o porteiro citado em reportagem da Rede Globo nesta terça-feira (29).

Em live nas redes sociais, Bolsonaro também acusou a Polícia Civil do Rio de ter orquestrado uma “farsa” e disse acreditar que o porteiro pode ter sido levado a assinar algo que não correspondia ao seu verdadeiro depoimento: “Ou o porteiro mentiu, ou induziram o porteiro a cometer o falso testemunho, ou escreveram algo que o porteiro depois assinou embaixo [sem checar o teor].”


Fonte: Renova Mídia




Postar um comentário

Postagem em destaque

CUIDADO | Carro preto ataca em Manaus e sequestra criança de 2 anos

O sequestro do menino Erlon Gabriel, de apenas 2 anos, está deixando a sociedade amedrontada e toda a polícia mobilizada para conseguir de...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes