Desembargadora Joana Meirelles concede prisão domiciliar e Alejandro deve se apresentar neste domingo, 6

Acatando o pedido da defesa de Alejandro Valeiko, a desembargadora Joana dos Santos Meirelles, plantonista do Tribunal de Justiça, converteu o pedido de prisão preventiva em prisão domiciliar e Alejandro Molina Valeiko tem até hoje, domingo (6), para se apresentar.

Caso a defesa de Valeiko não o apresente na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a ordem de prisão domiciliar será revogada e ele voltará a ser considerado foragido da justiça.







Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes