Ex-Superintendente do Incra/AM denuncia fraude na apuração para Conselho Tutelar em Manaus

Sandro Maia Freire, ex-Superintendente do Incra no Amazonas e presidente do Instituto Sandro Maia no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus, denunciou ontem em sua rede social (Facebook), uma suposta fraude na apuração de votos para a escolha dos novos conselheiros tutelares em Manaus.

Maia postou dois prints, um com resultados parciais da noite de domingo (6), quando a apuração de votos transcorria sob protestos e revolta dos presentes (devido a grande demora), e outro de segunda-feira (7), com o resultado final da apuração.

Zona Centro-Oeste

Sandro Maia chama a atenção e cobra os responsáveis pela eleição, pois há fortes indícios de houve fraude. Ainda segundo Maia, no resultado parcial de domingo, o candidato Edmilson Lima contava com 501 votos, e para surpresa geral, ao finalizar a apuração às 2h de segunda (7), o mesmo candidato aparecia com apenas 449 votos.

Também na Zona Centro-Oeste, o candidato Felipe Silva (eleito), contabilizava 859 votos e na segunda, os votos tinha caído para 741; a candidata Joice Leão (eleita) que aparecia com 781 votos, terminou com 700, ou seja, 81 votos sumiram misteriosamente; a também candidata eleita Ângela Andrade aparecia com 648 votos e terminou com 615; se os votos da Capelã Suzi não tivessem diminuído de 618 para 568, ela estaria com o assento no Conselho Tutelar garantido; e assim segue tantos outros candidatos que foram prejudicados por uma apuração desastrosa.

Zona Oeste

Casos idênticos aconteceram em outras zonas de Manaus, na Zona Oeste por exemplo, o candidato Cleber Pinheiro aparecia no sistema com 727, depois que o sistema parou de funcionar, os votos do candidato foram reduzidos para 399.

Diante deste erro, leva-se em consideração que, ou houve 'pane' no sistema e a maioria dos candidatos foram prejudicados, ou houve fraude e votos em grande quantidade foram remanejados.

Edital 

Segundo o Edital publicado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), os candidatos poderão entrar com recurso em até dois dias úteis após o pleito, portanto, o prazo final é até hoje, terça-feira (8). Porém, nada impede que o Ministério Público intervenha e que, caso seja comprovada a fraude, tome as medidas necessárias para restaurar a lisura do pleito.

O povo manauara merece e espera uma explicação.





Postar um comentário

Postagem em destaque

Crianças e adolescentes que vivem em unidades de acolhimento recebem presentes de Natal arrecadados pelo projeto Árvore Encantada

Cerca de 230 crianças e adolescentes, que estão hoje em oito unidades acolhedoras de Manaus, receberam na tarde da quarta-feira (04) os pr...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes