Ex-vereador de Presidente Figueiredo e esposa são presos por venda de imóvel em que morava alugado

A Polícia Civil por meio do delegado Demetrius Queiroz, adjunto da DERFD, irá falar logo mais sobre o resultado de ação policial, deflagrada na tarde de quarta-feira (9/10), por volta das 16h, por policiais civis da especializada, que culminou nos cumprimentos de mandados de prisão preventiva por estelionato em nome ex-vereador do município de Presidente Figueiredo, Maurício Gomes de Souza, 43, conhecido “Magom”, e da companheira dele, Maria Jussara da Silva Marreiro, 32.

De acordo com Demetrius Queiroz, o casal, por meio de uma procuração falsa, vendeu um imóvel em que morava alugado, no valor de R$ 2,6 milhões. Ainda segundo Queiroz, “Magom” já responde na Justiça por homicídio, dois estelionatos e falsificação de documentos públicos. Mais informações serão repassadas durante coletiva de imprensa.



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes