Nota Pública sobre a eleição dos Conselheiros Tutelares em Manaus

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) divulgou nesta terça-feira (8), uma Nota Pública onde afirma que acompanhou todo o processo de apuração de votos, ocorrido no último domingo (6), quando foram escolhidos os novos conselheiros turelares.

Após grande polêmica e denúncias de fraude na apuração, onde foram divulgados nas redes sociais pints de vários candidatos que possivelmente tiveram seus votos subtraídos, após mais de 8 horas de apuração.

Leia a nota na íntegra:  
NOTA PÚBLICA

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) esclarece que acompanhou, através da atuação firme, competente e abnegada de 10 Promotores de Justiça, todo o processo de votação para a escolha dos Conselheiros Tutelares na capital, não tendo sido registrados fatos que pudessem pôr em dúvida a lisura do processo de voto, por intermédio das urnas eletrônicas. O MPAM ressalta que sua atuação fiscalizatória se deu durante todo o processo de organização, votação e apuração da eleição referida. Informamos, contudo, que eventuais notícias de supostas fraudes no processo deverão ser encaminhadas aos canais ordinários já amplamente divulgados, para que as providências tendentes a apuração dos fatos sejam adotadas.


Fonte: PM-AM



Postar um comentário

Postagem em destaque

Marinha abre 900 vagas em concurso para jovem aprendiz

A Marinha do Brasil abrirá, no próximo mês, inscrições para um concurso que terá como objetivo preencher 900 vagas de aprendiz de marinhei...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes