Relíquias da Grécia encontradas em destroços de navio naufragado

Os restos da embarcação Mentor, que naufragou em 1802 próximo à ilha de Citera, na Grécia, estão sob investigação minuciosa de especialistas ao longo dos últimos anos.

O navio era propriedade de Thomas Bruce, ex-embaixador britânico para o Império Otomano de 1799 até 1803, que tinha obsessão por história.

Bruce foi responsável por transportar inúmeras relíquias gregas para o Reino Unido, onde era conhecido pelo seu título de nobreza, Conde de Elgin.

A embarcação afundou no oceano após o navio se chocar com pedras próximas ao porto de Citera. À época, os 12 passageiros e tripulantes do navio foram resgatados.

Uma parte do material presente no navio foi resgatada naquele mesmo ano. Outros artefatos, no entanto, não foram encontrados — e são justamente esses itens que a equipe de pesquisadores encontrou nas últimas explorações, informa a revista Galileu.


Fonte: Renova Mídia



Postar um comentário

Postagem em destaque

Novos equipamentos para UTI e centro cirúrgico começam a ser instalados no Hospital Francisca Mendes

O titular da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Rodrigo Tobias, acompanhou, nesta terça-feira (21/01), a montagem dos seis monitores m...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes