Exército da Austrália quer se proteger da China usando robôs

A Austrália está investindo no uso de robôs, inteligência artificial e aprimoramento humano. O objetivo primário do governo é a criação de um Exército forte para se proteger da China.

Austrália e China possuem uma boa relação comercial, mas isso não impede o país da Oceania de ver os comunistas como uma potencial ameaça para a região, já que o país asiático é um dos que mais tem expandido sua tecnologia militar nos últimos anos.

A estratégia do Exército australiano foi detalhada em uma série de documentos divulgados pelo Departamento de Defesa do país, informa o site TecMundo.

A ideia do governo australiano é integrar soldados humanos a máquinas, sensores e outros aparatos para aumentar a capacidade de sobrevivência, letalidade e entendimento do combatente.

Entre os equipamentos que já estão sendo testados pelos militares da Austrália para colocar o país um passo à frente nesta “guerra tecnológica” estão armas digitais com mira computadorizada, veículos terrestres não-tripulados, robôs e drones com armas, como mostram os documentos.


Fonte: Renova Mídia



Postar um comentário

Postagem em destaque

Tribunal de Contas julgará 105 processos na última sessão ordinária de 2019

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) realizará nesta quarta-feira (11), às 10h, no auditório da Corte de Contas, a última sessão ordi...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes