Itália já soma mais de 14 mil terremotos em 2019

Desde o início de 2019, a Itália foi sacudida por 14.228 abalos sísmicos, o que significa uma média de quase dois por hora, segundo dados do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV).

A maioria desses terremotos foi imperceptível para as pessoas, porém 1.518 tiveram magnitude superior a 2.0 na escala Richter, e 13 superaram a barreira dos 4.0.

“Todo o território italiano é classificado como sísmico, a partir de um risco baixo a um risco mais alto”, disse, em entrevista à agência ANSA, o doutor em engenharia sísmica Enrico Mangoni.

De acordo com o engenheiro, as regiões de maior perigo são aquelas adjacentes à Cordilheira dos Apeninos, espécie de espinha dorsal que corta a Itália de norte a sul; os arredores de Nápoles, na parte meridional do país; e Friuli Veneza Giulia, no nordeste. 


Fonte: Renova Mídia

Postar um comentário

Postagem em destaque

Amazonas Energia será denunciada por cobranças abusivas e interrupções

Por iniciativa do vice-presidente da Comissão de Obras, Patrimônio e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa do Amazonas (CGESP/Aleam)...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes