Polícia Civil prende homem por receptação de celular e recupera motocicleta roubada no Cacau Pirêra

A equipe de investigação do Posto de Policiamento Integrado (PPI), do Distrito de Cacau Pirêra, situado em Iranduba (município distante 27 quilômetros em linha reta da capital), prendeu, em flagrante, na manhã desta terça-feira (26/11), por volta das 6h, Tailon Alberto da Silva Costa, 23, por receptação.

Com o infrator, foi encontrado um aparelho celular roubado no último dia 13 de novembro, cuja a vítima foi um agricultor de 24 anos. Durante a ação policial foi recuperada, ainda, uma motocicleta que foi subtraída da vítima.

De acordo com o delegado Antônio Chicre, titular do PPI, a prisão do indivíduo ocorreu na casa dele, situada na rua Nove, bairro Nova Veneza, no distrito e município supracitados. As investigações em torno do caso iniciaram depois que a vítima foi encontrada amarrada em árvores, no ramal Januari, com ferimentos graves. Na ocasião, o agricultor relatou que foi espancado e torturado por quatro homens, que ao fugirem do local, roubaram o celular e a motocicleta dele.

A vítima ficou no local da ocorrência, em uma área da mata, amarrada por cerca de dez horas. O agricultor, que estava gravemente ferido, foi encontrado pelo patrão dele.

“Iniciamos os procedimentos de diligências a respeito da ocorrência. Hoje, por meios investigativos de inteligência, nós conseguimos a localização do aparelho celular da vítima. Quando chegamos no local indicado, verificamos que Tailon estava em posse do celular oriundo do roubo. Diante disso, nós o conduzimos à unidade policial, onde ele recebeu voz de prisão”, explicou o delegado Chicre.

Conforme o titular do PPI, em depoimento à polícia, Tailon indicou o paradeiro da motocicleta que havia sido roubada da vítima. Depois de ouvirem o infrator, policiais civis encontraram o veículo em posse de uma adolescente de 17 anos, no bairro Nova Veneza, no Cacau Pirêra. O delegado Chicre destacou, também, que as investigações em torno do caso prosseguirão, até que os quatros indivíduos envolvidos no roubo e tortura da vítima sejam identificados e presos.

Procedimentos – Tailon foi autuado em flagrante por receptação. Ele foi conduzido ao prédio da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), localizada em Iranduba, onde irá permanecer à disposição da Justiça. Já o adolescente de 17 anos foi encaminhado ao Posto de Polícia, onde prestou depoimento e foi liberado.


Fotos: Divulgação/PC-AM



Postar um comentário

Postagem em destaque

Marinha abre 900 vagas em concurso para jovem aprendiz

A Marinha do Brasil abrirá, no próximo mês, inscrições para um concurso que terá como objetivo preencher 900 vagas de aprendiz de marinhei...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes