Virou bagunça! Após Lula, Cabral também quer ser solto

Após as solturas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ex-ministro José Dirceu, com base na decisão do STF, o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, também entrou com pedido de liberdade.

A advogada de Cabral, Patrícia Proetti, alegou para a Vara de Execuções Penais do Rio que o seu cliente está preso sob “execução provisória de pena”. Isto significa que Cabral começou a cumpri pena sem ter esgotado seus recursos na Justiça.

Até hoje, Sérgio Cabral já foi condenado 12 vezes pela Lava Jato. As penas somam mais de 260 anos de prisão.


Foto: Folhapress/Cassiano Rosário
Fonte: pleno.news

Postar um comentário

0 Comentários