Após vaquinha, José de Abreu viaja para as Ilhas Maldivas

Ao longo do ano, o ator José de Abreu foi autor de uma série de falas desconexas e ofensivas contra pessoas com filosofia política de direita. Um dos maiores absurdos ditos pelo artista, que frequentemente ataca o presidente Jair Bolsonaro, foi a insinuação de que Gloria Perez e Guilherme de Pádua, autor do assassinato contra a filha dela, Daniela Perez, estavam no “mesmo espectro político”. A autora, é claro, não deixou barato, e chamou José de canalha.

A mais nova polêmica envolvendo Abreu foi uma viagem para as Ilhas Maldivas para pedir sua atual namorada em casamento. O fato em si não parece ter nada de anormal. Porém, tudo isso aconteceu depois de uma vaquinha feita por militantes de esquerda, para que ele pudesse pagar uma indenização ao Hospital Albert Einstein, por ter insinuado que o local ajudou a “elaborar” a facada sofrida por Bolsonaro em setembro de 2018.

A campanha, feita em ambiente virtual, tinha como meta arrecadar R$ 20 mil, valor concedido pela Justiça como indenização ao Albert Einstein, mas acabou alcançando R$ 29 mil. A internet, é claro, não perdoou e desconfiou da aplicação dos milhares de reais arrecadados na campanha, além de questionar a validade do ato, mesmo com o alto salário de Abreu como ator.

– Estamos falando da Vaquinha que fizeram o Zé de Abreu pagar o processo. Mas será que era para isso mesmo, ou para ir para Maldivas? Acorda – disse um usuário no Twitter.


Fonte: pleno.news



Postar um comentário

Postagem em destaque

CUIDADO | Carro preto ataca em Manaus e sequestra criança de 2 anos

O sequestro do menino Erlon Gabriel, de apenas 2 anos, está deixando a sociedade amedrontada e toda a polícia mobilizada para conseguir de...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes