Bolívia cria unidade antiterrorista contra estrangeiros desordeiros

O governo interino da Bolívia ativou, nesta terça-feira (3), a unidade antiterrorista GAT para “desarticular” grupos de estrangeiros que “estão ameaçando” a paz do país.

O ministro do Interior, Arturo Murillo, explicou: “Este grupo antiterrorista tem como missão desarticular absolutamente todas as células terroristas que estão ameaçando nossa pátria.”

Murillo acrescentou ser necessário as instituições do Estado agirem para “libertar a Bolívia desses narcoterroristas que se instalaram no país nos últimos 14 anos”, durante o governo do ex-presidente Evo Morales.

O comandante da Polícia, Rodolfo Montero, complementou dizendo que “este grupo estará destinado a desarticular grupos estrangeiros que treinaram e guiaram para semear o terror aos cidadãos”, informa o jornal Correio Braziliense.


Fonte: Renova Mídia



Postar um comentário

0 Comentários