Crianças e adolescentes que vivem em unidades de acolhimento recebem presentes de Natal arrecadados pelo projeto Árvore Encantada

Cerca de 230 crianças e adolescentes, que estão hoje em oito unidades acolhedoras de Manaus, receberam na tarde da quarta-feira (04) os presentes de Natal arrecadados por meio do projeto "Árvore Encantada: encante-se com esta ideia". Realizado pela Coordenadoria da Infância e Juventude (Coij), do Tribunal de Justiça do Amazonas, o projeto conta com a parceria da Associação dos Magistrados do Amazonas (Amazon), em cuja sede social, localizada no bairro de Flores, aconteceu o evento.

A coordenadora da Coij, desembargadora Joana Meirelles, participou da festa preparada para a entrega dos presentes e destacou a importância do projeto, que busca proporcionar às crianças e adolescentes um ambiente de alegria e interação nesse período natalino. “O projeto realiza a ação desde 2011 e a cada ano a Coordenadoria organiza esta festa, com a ajuda das instituições parceiras, para proporcionar às crianças um dia divertido, com a entrega dos presentes que eles pediram. Isso é possível graças a todas as pessoas, magistrados; servidores e colaboradores que se sensibilizaram com a campanha e ajudaram a tornar o dia dessas crianças mais feliz”, afirmou a magistrada.

Pelo projeto, os servidores e magistrados do Poder Judiciário se tornam padrinhos das cartinhas de Natal de crianças e adolescentes, e os presentes são entregues sempre numa grande festa, com várias atrações que, neste ano, incluíram o grupo Garis da Alegria, da Secretaria Municipal de Limpeza Pública, e pela Banda Alecrim Nativo, cedida pela Secretaria Estadual de Cultura; além de muitas brincadeiras e lanches.

Também estavam presentes no evento a juíza Rebeca de Mendonça Lima, titular do Juizado da Infância e da Juventude Cível e idealizadora do projeto, além da juíza Maria Eunice Torres, representante da Associação dos Magistrados do Amazonas.

A diretora do abrigo Nacer, Ana Caroline Rodrigues, destacou que o projeto "Árvore Encantada" faz uma grande diferença na vida das crianças. “É a terceira vez que participamos e para nós é muito importante trazer as crianças para participar deste momento de brincadeiras; de interação com as crianças das outras unidades de acolhimento; um momento para interagir também com a equipe do Juizado também nos conhecendo e toda parte do Judiciário é muito importante.”, afirmou Caroline.

As crianças e os adolescentes que participaram da festa são acolhidos pelas instituições: "Mamãe Margarida"; "Moacyr Alves"; "Lar Batista Janell Doyle"; "Monte Salém"; "Casa Vhida"; "O pequeno Nazareno"; "Nacer" e "O Coração do Pai".


Fotos: Raphael Alves



Postar um comentário

Postagem em destaque

Novos equipamentos para UTI e centro cirúrgico começam a ser instalados no Hospital Francisca Mendes

O titular da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Rodrigo Tobias, acompanhou, nesta terça-feira (21/01), a montagem dos seis monitores m...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes