Em Maués, médico fica com raiva ao ser interrompido quando jantava para ver paciente com hipoglicemia - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

domingo, 8 de dezembro de 2019

Em Maués, médico fica com raiva ao ser interrompido quando jantava para ver paciente com hipoglicemia

Um vídeo está causando polêmica entre os moradores do município de Maués, no Amazonas, em que um médico, conhecido como Dr. Fernando (durante plantão no Hospital Raimunda Francisca Dineli Da Silva), discute com uma enfermeira e mostra-se chateado por ela interromper seu jantar para que ele desse assistência a um paciente com hipoglicemia.

Segundo o médico, ele já teria assistido o paciente, porém no momento, o enfermo não apresentava o quadro de hipoglicemia, o que fez com que enfermeira procurasse o médico urgentemente.

A enfermeira não deixou por menos e falou que é acostumada a chamar todos os médicos de plantão,  quando estão no 'sufoco' e são prontamente atendidas. Porém, só ele que fica com 'chatisse'. A enfermeira disse ainda que 'se o senhor acha que sua janta é mais importante.... o importante é a vida do paciente', disse a enfermeira indignada.

Segundo comentários, o médico é acostumado a tratar os paciente assim tanto no hospital quanto no posto de saúde. Com a palavra a Secretaria de Saúde de Maués.


Nota divulgada pelo dr. Fernando

Nota de esclarecimento 

Em relação ao fato ocorrido no dia 7, que deu origem ao vídeo exposto nas redes sociais, foi uma consequência de outro fato.

Ao receber o plantão, a enfermeira do dia foi até o consultório e disse que tinham 3 pacientes graves na clínica médica e pediu minha avaliação. Atendi os pacientes que estavam aguardando e fui até a clínica médica avaliar os pacientes. Ao retornar, fui avaliar um paciente que estava na UCI da emergência e vi que o mesmo estava estável e sem necessidade de estar lá, pedi para o enfermeiro comunicar a enfermeira da clínica médica que era de extrema necessidade que o paciente fosse para a clínica médica, a mesma se recusou a receber o paciente alegando que estava com muitos pacientes na clínica.

Quando passei pela UCI tempo depois, vi que o paciente ainda estava lá e indaguei o enfermeiro, que disse que a enfermeira recusou o paciente, então eu disse para o enfermeiro: comunique a enfermeira que o paciente vai para a clínica! É uma ordem minha! Diga pra ela.


Isso me indignou muito, eu precisava do leito da UCI vago caso chegasse um paciente grave, ao passar pela UCI na hora que fui na clínica médica e quando fizeram o vídeo, vi que o paciente ainda estava lá, isso me irritou mais ainda.

Voltando ao vídeo


O jantar é servido de 19 até 21h, o ocorrido foi por volta de 21:30h quando fui fazer minha alimentação.

Estava jantando quando me ligaram falando que tinha uma “emergência” na clínica. Liguei pra lá para saber o que era, o técnico de enfermagem me relata: não dr, é aquele seu paciente da UCI que tá só com uma hipoglicemia, o que eu faço?

Eu digo: Helinho põe um soro glicosado e uma ampola de glicose que ele já melhora, terminando de jantar vou aí prescrever, cerca de 2 minutos depois a citada enfermeira e que já vinha causando problema me liga: dr é pro Sr vir aqui porquê o paciente tá ruim. Eu disse: enfermeira eu já pedi pra fazerem o soro nele, faça que ele já melhora e terminando de jantar eu vou aí prescrever.

A mesma volta a falar dizendo que a filha ou neta do paciente está muito brava porque o médico não está dando assistência. Eu volto a dizer: enfermeira ele está tendo assistência sim, tem pouco tempo que fui aí. Desligo e uns 2 a 3 minutos depois me ligam de novo da recepção dizendo que estão me chamando na clínica médica.

Eu paro de jantar e me dirijo para a clínica médica onde avisto o paciente ainda na UCI da frente da emergência, infelizmente o vídeo não retrata o contexto da situação, ocorrem cotidianamente vários procedimentos rotineiros entre médico-enfermeiros (como ordens/orientações verbais). Várias vezes num caso como esse de hipoglicemia a enfermagem faz o soro glicosado e depois comunica o médico para prescrever. Essa enfermeira desde o início tumultuou o plantão. A mesma disse para a garota que filmou que não sabia do médico é que era pra mesma me procurar lá na frente, com risco da mesma levar contaminação de um setor para outro do hospital.

Minha conduta foi correta. Tenho plena consciência que agi dentro do exercício legal da minha profissão, em 14 anos como médico nunca fui chamado onde quer que seja por erro médico, tenho a consciência tranquila.

Agradeço o apoio da minha família, dos amigos e de alguns pacientes pelas mensagens e ligações, infelizmente se trata de mais uma conduta com o intuito de expor, denegrir e prejudicar o outro.

Vale ressaltar que, em todos os plantões busca-se o espírito de “equipe”, sempre com uma boa interação e sintonia. Mas infelizmente, existem os profissionais que ao invés de ajudar, querem tumultuar e prejudicar.




*Matéria atualizada nesta segunda-feira (9), às 12h para postagem da Nota de Esclarecimento



30 comentários:

  1. Conheço o Dr Fernando, quantas vidas ele já salvou durante seus plantões. Profissional competente, acho que fatos devem ser apurados dentro do contexto é não somente nos minutos em que dura o vídeo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é um babaca e acabou.
      Será denunciado imediatamente ao CRM

      Excluir
    2. Diz isso porque é do alto escalão da sociedade que ele? Pq eu que nem moro aqui, já fui tratada várias e várias vezes mal por esse "médico". Acho que se uma pessoa estar infeliz no lugar, ela deve ter o bom senso e simplesmente perdi pra ser deslocada para outro município ou capital, não detestando os clientes! Ele fez um juramento e cabe a ele honrar isso !

      Excluir
  2. Nos minutos do vídeo ele e um FDP... E no resto da vida tbm, com certeza...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fale algo sobre o que você não conhece de fato.

      Ele é um excelente profissional e amado pelo povo de Maués .

      Informe-se melhor!
      Não faça julgamentos precipitados.


      Excluir
  3. Mas a sociedade culpa as enfermeiras, as maltratam, quando chega o medico, ficam mansinhos!!

    ResponderExcluir
  4. Ele nao quis atender um garotinho que passava mal imagina um um senhor .

    ResponderExcluir
  5. Fernando de que? Tem de publicar o nome completo desse babaca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apure os fatos antes de fazer julgamentos precipitados.

      Excluir
  6. Muito ignorante mau educado ele deve honra sua profissão e respeitar as pessoas

    ResponderExcluir
  7. DENUNCIEM NA DELEGACIA POR OMISSÃO DE SOCORRO. CRM NÃO PUNE MÉDICO. AO CONTRARIO PROTEGEM.

    ResponderExcluir
  8. Mais um cretino, fanfarrão! Agora vai ficar famoso! Verme, lixo!

    ResponderExcluir
  9. Dr Renato, retire-se do serviço público.

    ResponderExcluir
  10. Médico fez juramento pra jantar ou cuidar de paciente?
    Tá nítido, salvar vidas é obrigação da profissão, independente de quantas ele já o fez não o torna imune de pagar por isso.
    Tratar qualquer profissional dessa maneira como ele tratou a enfermeira, e ainda fazer esse caso da vida do paciente por um jantar?
    Quem protege não tem idéia do que é estar naquela maca.
    Vai ter queixa crime sim nos órgãos responsáveis e não adianta proteger.

    ResponderExcluir
  11. O vídeo fala por si só!
    Não é uma questão de julgamento, é a realidade!
    O astro rei, não pode ser interrompido do seu jantar, para atender um paciente.
    A enfermeira não pode medicar sem autorização do médico, o médico não se sente responsável pela vida dos pacientes e ainda, se acha no direito de gritar.
    Pior é ver gente, defendendo um crápula desse!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem vi o vídeo , mais se o médico não se alimentar quem vai cuidar de todos ? inclusive do próprio médico ?

      Excluir
  12. Se o paciente já tinha sido medicado, cabe a enfermeira chefe dar continuidade aos procedimentos. Médico avalia e médica. Existe enfermeiros e técnicos para assistir. A não ser caso de morte e urgência. Morar no fim do mundo, e não ter direito a comer sossegado????me poupe!

    ResponderExcluir
  13. Se fosse o teu pai ou até mesmo o seu filho ou alguém da família, duvido você falar isso , seu imoral , hipócrita...

    ResponderExcluir
  14. Esse deve ser cassado. E vc que está defendendo ele por aqui vai tomar no c*

    ResponderExcluir
  15. Eu sinto muito mas o video é que vai acusa-lo. Ninguem mais. Exceto se o juiz dispensar o video como prova.

    ResponderExcluir
  16. Nota de esclarecimento
    Em relação ao fato ocorrido no dia 7 é que deu origem ao video exposto nas redes sociais, foi uma consequência de outro fato.
    Ao receber o plantão a enfermeira do dia foi até o consultório e disse que tinham 3 pacientes graves na clínica médica e pediu minha avaliação.Atendi os pacientes que estavam aguardando e fui até a clínica médica avaliar os pacientes.ao retornar fui avaliar um paciente que estava na UCI da emergência e vi que o mesmo estava estável e sem necessidade de estar lá.pedi para o enfermeiro comunicar a enfermeira da clínica médica que era de extrema necessidade que o paciente fosse para a clínica médica.a mesma se recusou a receber o paciente alegando que estava com muitos pacientes na clínica.quando passei pela UCI tempo depois vi que o paciente ainda estava lá e indaguei o enfermeiro que disse que a enfermeira recusou o paciente.entao eu disse para o enfermeiro:comunique a enfermeira que o paciente vai para a clínica,é uma ordem minha diga pra ela.isso me indignou muito.eu precisava do leito da UCI vago caso chegasse um paciente grave.ao passar pela UCI na hora que fui na clínica médica e quando fizeram o vídeo,vi que o paciente ainda estava lá.isso me irritou mais ainda.
    Voltando ao vídeo.
    O jantar é servido de 19 até 21h.o ocorrido foi por volta de 21:30h qdo fui fazer minha alimentação
    Estava jantando qdo me ligaram falando que tinha uma “emergência” na clínica.liguei pra lá para saber o que era.o técnico de enfermagem me relata:não dr,é aquele seu paciente da UCI que tá só com uma hipoglicemia.o que eu faço?
    Eu digo:Helinho põe um soro glicosado e uma ampola de glicose que ele já melhora.terminando de jantar vou aí prescrever.cerca de 2 minutos depois a citada enfermeira e que já vinha causando problema me liga.dr é pro Sr vir aqui pq o paciente tá ruim.eu disse:enfermeira eu já pedi pra fazerem o soro nele,faça q ele já melhora e terminando de jantar eu vou aí prescrever.a mesma volta a falar dizendo que a filha ou neta do paciente está muito brava pq o médico não está dando assistência.eu volto a dizer:enfermeira ele está tendo assistência sim,tem pouco tempo que fui aí.desligo e uns 2 a 3 min depois me ligam de novo da recepção dizendo que estão me chamando na clínica médica.eu paro de jantar e me dirijo para a clínica médica onde avisto o paciente ainda na UCI da frente da emergência.infelizmente o vídeo não retrata o contexto da situação,ocorrem cotidianamente vários procedimentos rotineiros entre médico-enfermeiros(como ordens/orientações verbais. Várias vezes num caso como esse de hipoglicemia a enfermagem faz o soro glicosado e depois comunica o médico para prescrever.essa enfermeira desde o início tumultuou o plantão.a mesma disse para a garota que filmou que não sabia do médico é que era pra mesma me procurar lá na frente,com risco da mesma levar contaminação de um setor para outro do hospital.minha conduta foi correta. Tenho plena consciência que dentro do exercício legal da minha profissão , em 14 anos como médico nunca fui chamado onde quer que seja por erro médico.tenho a consciência tranquila.agradeco o apoio da minha família,dos amigos e de alguns pacientes pelas mensagens e ligações.
    Infelizmente se trata de mais uma conduta com o intuito de expor,denegrir e prejudicar o outro.
    Vale ressaltar que, em todos os plantões busca-se o espírito de “equipe”, sempre com uma boa interação e sintonia. Mas infelizmente, existem os profissionais que ao invés de ajudar, querem tumultuar e prejudicar.

    ResponderExcluir
  17. Engraçado que no hospital ninguém suporta vc "Dr.Fernando"por que será né? As pessoas quando chegam no hospital já perguntam quem está atendendendo,se na recepção disserem que é vc as pessoas voltam na mesma hora,estejam doente o que for,vc é um péssimo médico!!! Reveja seus conceitos,pq com certeza está na profissão errada!...ah! Essa nota de esclarecimento se deu por que se tornou público,tem medo das consequências só isso!

    ResponderExcluir
  18. Primeiro lugar a vida do paciente, se ele quer descanço ele que fique em casa. Que falta de respeito com o ser humano.

    ResponderExcluir
  19. Péssimo profissional, atende mau todos os pacientes. Cachaceiro só vive de farra. Ainda bem que já vai embora já vai tarde Maues agradece!

    ResponderExcluir
  20. DR ? ( dr um caralho, ele não tem doutorado. FEZ UM CURSO DE MEDICINA E MAL E PORCAMENTE).

    ResponderExcluir
  21. Ele não omitiu assistência, estava atendendo o paciente no vídeo, vcs não viram? Infelizmente, nem médico e nem a Enfermeira se pouparam e pouparam o paciente da discussão!

    ResponderExcluir
  22. Vc trabalha com fome ??
    Engraçado todos julgam , mas ele estava apenas jantando, que já tinha até passado da hora da janta, pq ele estava atendendo. As pessoas acabam q esquecem q médico tbm é gente. Médico tbm tem q se alimentar

    ResponderExcluir
  23. Médico tem que ser igual a policial não ter horário para comer qdo está de serviço não dorme fica fazendo ronda, ambos fazem juramentos sendo que o do policial é de dar sua vida pela do cidadão de bem e a do médico é de salvar as vidas, portanto medicozinho porque não posso te chamar de Doutor porque com tda certeza não tem doutorado se tiver no máximo é uma residência e uma pós no máximo, com tda essa ignorância no sentido real da palavra, quem sabe até se seu CRM não é falsificado, só digo uma coisa se esse paciente fosse pelo menos parente de longe meu vc medicozinho iria se arrepender e muito viu? Comece a ter pelos relatos que li algo que nossos pais nos ensinam que é o básico: Educação e respeito pelo próximo. Se vc não estiver satisfeito peça para sair, se essa não é a profissão que vc gosta, vá procurar fazer algo que goste psra poder tratar as pessoas com respeito e dignidade. Ninguém é obrigado a ouvir suas asneiras e falta de respeito para com a população de marés, se as pessoas soubessem os direitos que lhe cabem ah medicozinho vc andaria na linha. Eu queria te pegar pela frente em uma consulta em um dia qdo saímos para trabalhar cheios de problemas pessoais familiares mas o bom profissional sabe que não pode misturar as coisas então deixa os problemas nos seus devidos lugares e vai trabalhar contente e satisfeito pois enquanto muitos não têm um trabalho vc na área da saúde e eu na área de segurança pública temos graças a Deus. Queria lhe pegar em um desses dias que pela sua imaturidade e incapacidade de não saber separar um problema de outro, viesse me maltratar pelo menos voz áspera que vc iria encontrar na sua frente uma Mulher de verdade, que ia te colocar no seu devido lugar. Se fez medicina faça jus ao seu salário mas acima de tudo ao juramento que fizeste. #ficaadica#

    ResponderExcluir