'Presente de Natal' levou mais de 59 mil pessoas ao Largo de São Sebastião e entorno

Durante 16 dias, a programação “Presente de Natal” – promovida pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa no Largo de São Sebastião e entorno, de 7 a 22 de dezembro – encantou amazonenses e visitantes com a magia natalina. Nesse período, cerca de 80 atrações foram oferecidas nos espaços atraindo mais de 59 mil pessoas que puderam curtir shows e concertos; apresentações de corais, palhaços e mágicos; espetáculos de teatro e dança; sessões de cinema; além de visitar a Casa do Papai Noel, aproveitar as opções da Feira Natalina, com opções de artesanato e gastronomia, e assistir ao musical “A Caixa Mágica do Natal”.

Somente no espetáculo “A Caixa Mágica do Natal”, que contou com oito sessões no palco do Teatro Amazonas, foram 5.636 espectadores. Para aumentar o acesso a mais pessoas, no último fim de semana as apresentações foram transmitidas num telão no Largo, graças a uma parceria com a TV Encontro das Águas.

"O público prestigiou a programação do início ao fim e isso nos deixa muito gratos, pois cada detalhe foi pensado com carinho para que realmente fosse um presente de Natal para a população, coroando um ano de muito trabalho, diálogo e expansão das ações culturais no nosso Estado", observou o secretário estadual de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz.

Magia - Com 1h20 de duração, “A Caixa Mágica do Natal” fez uma viagem lúdica pelo universo natalino ao contar a história de uma criança que, após perder a mãe, deixa de acreditar no Natal. Mas tudo muda quando ela, a pedido de sua avó, abre um baú de memórias, lê uma carta deixada por sua mãe e, num passe de mágica, mergulha num mundo mágico ao lado da duende Jujuba. Tudo embalado por uma trilha sonora com clássicos do Natal e muitas referências pop.

No último domingo (22/12), Neide Nóbrega Pinheiro assistiu à última sessão do musical, com o marido e as duas netas, que ficaram encantadas. “Eu achei o espetáculo emocionante. As músicas, as bailarinas, a história em si, tudo muito bonito e colorido. Isso encantou as crianças, prendeu a atenção delas que ficaram quietinhas no Teatro, e emocionadas do início ao final”, comentou.

Inclusão - O musical também contou com recursos de acessibilidade: audiodescrição e intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras) estiveram disponíveis ao público em todas as sessões do espetáculo. Camile Guedes, 16 anos, tem deficiência visual e pôde prestigiar o espetáculo por meio do serviço de audiodescrição realizado pela equipe de Assessoria de Inclusão à Pessoa com Deficiência da secretaria.

“Gostei bastante do espetáculo, foi super legal! Fui com meu pai e amigos, um deles (com deficiência) visual também, que usou o 'radinho' e gostou bastante. Foi fantástico, não tenho nem palavras para descrever. Foi muito legal os brinquedos, o Papai Noel, o Perúcio (personagem do peru de Natal), que era muito engraçado. Foi demais”, disse.

Outras atrações - Durante o período do “Presente de Natal”, 39 mil pessoas participaram da programação no Largo, onde um palco foi montado na Lira do Teatro (entre as escadarias), no qual se apresentaram diversos corais e artistas como Zezinho Corrêa, Michel Guerrero, Lucinha Cabral, Elias Moreira, Ketlen Nascimento, Nícolas Junior, Raylla Araújo, Serginho Queiroz, Afonso Rodrigues, Cinara Nery e Grupo Carrapicho. Na rua José Clemente, aconteceram apresentações de artistas circenses e atividades lúdicas com diversos grupos locais. Já a Casa do Papai Noel recebeu 14.800 visitantes.

Isabelle Pietra Medeiros da Silva, 11 anos, foi ao Largo com a mãe e a avó, e aprovou a programação. “Vim várias vezes. Adorei! Aproveitei tudo: brinquei na praça, tirei foto na árvore de Natal, visitei a Casa do Papai Noel, está muito linda a decoração esse ano”, observou. “E hoje foi legal porque consegui dançar no palco, eu adoro dançar!”.

A pedagoga Maria Lira também foi só elogios à programação do Largo. “Venho acompanhando a programação desde o início e está muito bonita, capricharam neste ano”, disse. “E o encerramento com o Carrapicho foi excelente, eu amo o grupo, acompanho há muitos anos e acho que foi uma grande ideia tê-los aqui porque também é uma forma de exaltar nossa cultura, que é linda”.

Economia Criativa - A dona de casa Carla Lopes Pires, 34, foi uma das milhares de pessoas que prestigiaram a programação de Natal. Ela aproveitou a ocasião para fazer compras na Feira Natalina, em uma das bancas de artesanato, com a família.

“Sou apaixonada pelos produtos da nossa região, então qualquer feira que tenha artesanato eu visito”, afirmou. “A feira no Largo ficou muito bem organizada e aqui é um ponto onde temos muito turistas que podem levar o nosso produto para fora e mostrar um pouco do que é feito aqui, acho maravilhoso”, disse.

A Feira Natalina contou com 20 expositores de artesanato e de gastronomia, gerando renda para dezenas de trabalhadores e movimentando a economia local.

Além da feira, as atividades natalinas do Estado geraram 120 vagas de trabalho temporárias, distribuídas entre produção e montagem da decoração e atrações artísticas. Foram contratados serralheiros, pintores, eletricistas, marceneiros, aderecistas, costureiras, camareiras e artistas que trabalharam desde a montagem da árvore de Natal até o espetáculo “A Caixa Mágica do Natal”.



Fotos: Michael Dantas



Postar um comentário

Postagem em destaque

Presidente do TCE-AM prorroga por mais 15 dias suspensão do expediente

O presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Mario de Mello, prorrogou por mais 15 dias a suspensão do expediente ...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes