Curso de aperfeiçoamento Justiça e Mídia contará com seis novos módulos em 2020

Direcionado a jornalistas e oferecido de forma inédita no Amazonas, o curso de aperfeiçoamento “Justiça e Mídia” contará com seis novos módulos no ano de 2020. Em 2019, a iniciativa do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) foi concluída com o quarto módulo que abrangeu os temas “Varas de Família”, “Conciliação” e “Judiciário no interior”, ministrados pelos juízes Gildo Alves de Carvalho e Fábio Lopes Alfaia. O módulo que encerrou as atividades de 2019 também contou com uma Oficina de Comunicação no segmento de Televisão e Rádio.

Para o ano de 2020, o curso de aperfeiçoamento contará com novos seis módulos, sendo concluído no dia 29 de junho com a certificação dos jornalistas participantes, dentre os quais, diretores de redação, editores de política, além de produtores e editores executivos de rádio e TV e repórteres especializados.

Realizado pelo TJAM, em parceria com a Escola Superior de Magistratura do Amazonas (Esmam), o curso é organizado com carga horária de 60 horas e tem como coordenador o juiz auxiliar da presidência do TJAM, Alexandre Henrique Novaes, com o suporte da Divisão de Divulgação e Imprensa da Corte Estadual de Justiça.

Neste ano de 2020, o curso será retomado no dia 17 de fevereiro com o módulo 5 trazendo os temas “Varas Cíveis”, “Juizado Especial Cível” e “Juizado Especial Cível e Consumidor”.

Conforme o cronograma, no dia 16 de março será aplicado o módulo 6 com os temas “Varas Criminais”, “Varas de Entorpecentes”, “Juizado Especial Criminal” e “Tribunal do Júri”.

O módulo 7 será ministrado no dia 6 de abril com os temas “Custódia”, “Execução Penal”, “Precatórios”, Penas Alternativas” e “Oficinas de comunicação: Oratória e Comunicação Não Verbal”.

No dia 4 de maio será ministrado o módulo 8 com os temas “Fazenda Pública”, “Dívida Ativa”, “Central de Mandados”, “Ministério Público” e “Oficina de comunicação: Fonoaudiologia e Comunicação Estratégica”.

O módulo 9 será ministrado no dia 1º de junho com os temas “Turmas Recursais”, “Câmaras Reunidas”, “Tribunal Pleno”, “Corregedoria” e “Oficinas de comunicação: social media”.

O curso será encerrado no dia 29 de junho, com o módulo 10, que trará os temas “Presidência”, “Defensoria Pública”, Cartórios Judiciais e Extrajudiciais” e “OAB”.

Contribuição

No dia 16 de dezembro, ministrando os temas “Varas de Família” e “Conciliação e Mediação” no módulo 4 do curso, o juiz Gildo Alves de Carvalho elogiou o projeto e comentou sua importância. “Trata-se de um trabalho que considero como de utilidade pública e espero ter atendido à proposta pedagógica, explicando para os profissionais da mídia, o nosso fazer, o ‘porquê’ e como ele acontece, estabelecendo uma relação mais próxima com os profissionais que levam informações à população”, apontou.

No mesmo módulo, ao abordar o tema “Judiciário no interior” o juiz Fábio Lopes Alfaia, também enalteceu o curso de formação. “É um curso extremamente proveitoso e, de nossa parte, procuramos apresentar um panorama do Poder Judiciário no interior do Amazonas, com suas tradições e virtudes, qualidade e defeitos, ressaltando, como virtude, o fato de o tribunal, como poder público, estar presente em todo o interior, com juízes e com a estrutura e aparato de Justiça. Em nossa palestra, procuramos demonstrar que o interior do Amazonas represente muitas realidades, às quais, em nosso entender, precisam de um tratamento diferenciado da imprensa. Espero, assim, que tenhamos deixado frutos, sugerindo pautas, e auxiliando com este projeto por meio do qual o TJAM dá sua contribuição ao interesse público no sentido de oferecer sua rotina para ser avaliada pela imprensa”, comentou o juiz Fábio Alfaia.

Além dos temas abordados pelos juízes Gildo Alves e Fábio Alfaia, no dia 16 de dezembro de 2019 o quarto módulo do curso de aperfeiçoamento “Justiça e Mídia” contou com a Oficina de Comunicação: Televisão e Rádio, ministrada pelos jornalistas Daniela Assayag e João Camargo Neto e que teve como participantes magistrados do TJAM.


Foto: Raphael Alves



Postar um comentário

Postagem em destaque

Presidente do TCE-AM prorroga por mais 15 dias suspensão do expediente

O presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Mario de Mello, prorrogou por mais 15 dias a suspensão do expediente ...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes