Irã: Avião estava em chamas e teve falha antes da queda

Um comunicado divulgado pela Aviação Civil iraniana nesta quinta-feira (9), afirma que o Boeing 737-800 da Ukranian International Airlines já estava em chamas antes da queda, que aconteceu poucos minutos após a aeronave decolar do aeroporto de Teerã, capital do Irã. O comunicado também voltou a afirmar que houve problemas técnicos momentos após a decolagem do avião.

Segundo os investigadores, os relatos sobre as chamas partiram de pessoas que estavam em solo e de aeronaves que sobrevoavam a mesma zona por onde passava o Boeing ucraniano. Os relatos apontam que o incêndio no equipamento aumentou rapidamente.

O documento aponta ainda que a última inspeção no avião foi feita na segunda-feira (6) e que o equipamento apresentou problemas técnicos após a decolagem e tentou retornar para o aeroporto momentos antes da queda. Os investigadores, porém, não informaram qual tipo de problema teria sido registrado.

Na quarta-feira (8), a embaixada da Ucrânia chegou a citar que a queda da aeronave teria sido motivada por um problema técnico e descartou a possibilidade de terrorismo. Porém, em um segundo comunicado, a autoridade diplomática voltou atrás e negou que tivesse citado falhas técnicas como explicação para o acidente.


Fonte: pleno.news



Postar um comentário

Postagem em destaque

‘Aula em Casa’ das turmas do 4º e 5º ano começam hoje, quarta-feira (1)

As aulas para as turmas de 4º e 5º anos do ensino fundamental, do “Aula em Casa”, voltadas para alunos da rede pública municipal e estadua...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes