Navio de Assistência Hospitalar “Dr. Montenegro” partiu de Manaus para a “Operação Acre 2020”

O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Doutor Montenegro” partiu, nesta quarta-feira, 08 de janeiro, do Cais da Estação Naval do Rio Negro, em Manaus (AM), com destino ao município de Cruzeiro do Sul (AC), dando início à 20º edição da “Operação Acre”.

Durante a operação, a ser desenvolvida até o dia 30 de abril, o navio irá prestar atendimento às comunidades isoladas dos municípios de Juruá, Itamaraty, Carauari, Eirunepé, Ipixuna e Guajará, no Amazonas, e dos municípios de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo, no Acre, todas localizadas no Rio Juruá. Serão oferecidas consultas médicas e odontológicas, exames clínicos e laboratoriais, procedimentos de enfermagem, cirurgias de pequeno porte, pré-natal, exames de mamografia e raio-x, palestras educativas, distribuição de medicamentos e atenção farmacêutica. A previsão é que sejam atendidas de 15 a 20 mil pessoas.

Para isso, o Navio leva uma equipe de Saúde composta por 27 militares, sendo: seis médicos, dos quais, dois pediatras, um hematologista e três clínicos geral; cinco cirurgiões dentistas; dois farmacêuticos bioquímicos; dois enfermeiros de nível superior; seis técnicos em enfermagem; dois técnicos em radiologia médica; dois técnicos em higiene dental; um técnico laboratorial e um técnico em enfermagem, que atuará como vacinador. Além da equipe de saúde, o navio é tripulado por 54 militares, responsáveis pela navegação e segurança do mesmo, durante toda a operação.

Para prestar este apoio à população, o navio também é dotado de dois ambulatórios odontológicos com quatro cadeiras; dois consultórios médicos; um laboratório para exames; sala de trauma; sala de raio-x; sala de mamografia; uma enfermaria; uma sala de vacina e uma farmácia, onde será realizada a entrega dos medicamentos, prescritos pela equipe de saúde, aos pacientes das comunidades ribeirinhas visitadas.

O navio possui, ainda, quatro lanchas orgânicas empregadas para atendimentos em locais de difícil acesso.

Como diferencial, o NAsH “Doutor Montenegro” possui um equipamento de raio-x com conversor de imagem digital, um mamógrafo e capacidade de comunicações via satélite.

Conheça a História do NAsH “Doutor Montenegro”

O Hospital Fluvial Dr. Manoel Braga Montenegro terminou de ser construído em janeiro de 1997, sob encomenda do Governo do Estado do Acre, no estaleiro Conave, em Manaus, sendo entregue na cidade de Rio Branco-AC.

Após entendimentos entre o Ministério da Saúde, a Marinha do Brasil e o Governo do Estado do Acre, ficou decidido que o Navio seria transferido para a Marinha, por contrato de Cessão de Uso, sendo incorporado à Marinha do Brasil, na Estação Naval do Rio Negro, em Manaus, em 19 de maio de 2000.

A Marinha escolheu o nome “Doutor Montenegro” para o navio, como uma justa homenagem ao ilustre médico acreano Doutor Manuel Braga Montenegro: um homem simples, de poucas e boas palavras e sempre disposto ao trabalho. Assim, pode-se definir o perfil do médico que dá nome ao navio, nascido na cabeceira do Rio Liberdade, em 14 de março de 1927, filho de uma família de imigrantes cearenses.

O Navio possui, como lema, a frase: “Saúde Sem Limites!”



Postar um comentário

Postagem em destaque

‘Aula em Casa’ das turmas do 4º e 5º ano começam hoje, quarta-feira (1)

As aulas para as turmas de 4º e 5º anos do ensino fundamental, do “Aula em Casa”, voltadas para alunos da rede pública municipal e estadua...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes