Professor foi assassinado por não pagar garoto de programa

O professor José Valcimar Rodrigues de Souza, de 47 anos, mais conhecido como “Lulinha”, pode ter sido morto por não ter dinheiro para pagar um garoto de programa com quem, supostamente, mantinha relações sexuais. Segundo a polícia, Danixon Cristo Nunes, de 19 anos, é o principal suspeito do crime e está sendo procurado.

O corpo da vítima foi encontrado no último sábado (18), na casa dele situada no bairro Senador José Esteves I, em Maués (distante 276 quilômetros em linha reta de Manaus), sobre uma poça de sangue, ao lado da cama. A casa estava revirada.

O delegado Rafael Schmidt, titular da 48ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), informou à imprensa que as investigações apontam que “Lulinha” era homossexual e costumava pagar programas sexuais para Danixon. Conforme o delegado, a principal suspeita é que o crime tenha acontecido porque o professor não tinha dinheiro para pagar o suspeito.


Fonte: Portal Caboco




Postar um comentário

Postagem em destaque

Sobe para 81 o número de pessoas diagnosticadas com Covid-19 no Amazonas

O Amazonas tem 81 pessoas com diagnósticos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) nesta sexta-feira (27/03). Nas últimas 24 horas, for...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes