Tefé promoverá a 1ª Feira do Jacaré-açu de Manejo do Estado do Amazonas - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Tefé promoverá a 1ª Feira do Jacaré-açu de Manejo do Estado do Amazonas

Na tarde da última terça-feira (14/1), na sede do Instituto Mamirauá em Tefé, distante 525 km de Manaus, ocorreu uma reunião para tratar da 1ª Feira do Jacaré-açu de Manejo do Estado do Amazonas prevista para acontecer no dia 29 de fevereiro deste ano. A expectativa dos ribeirinhos pela comercialização do jacaré-açu de manejo vem desde 2003, porém o processo para a venda da carne do animal se intensificou a partir de 2017.

A reunião contou com a participação do Secretário Municipal Executivo de Turismo de Tefé – Christophan Mota, do Secretário Municipal de Produção e Abastecimento de Tefé – Antônio Nascimento, do Gerente do Sebrae-AM em Tefé – José Antônio e do Analista de Pesquisa e Responsável pelo Programa de Manejo e Conservação de Jacarés do Instituto Mamirauá – Diogo Lima.

Como etapas preliminares desta tão importante feira, no período de 25 de novembro à 1º de dezembro de 2019, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) participou de um curso promovido pelo Instituto Mamirauá sobre legislação, licenciamento e assessoria de desenvolvimento do manejo sustentável de jacarés em Tefé. A atividade era uma das etapas para a liberação de licença para o manejo do jacaré no Amazonas e o documento resultante deverá estar disponível ainda em janeiro de 2020.

O jacaré é um dos animais da região amazônica de grande potencial econômico, por ser completamente aproveitado para comercialização. O couro é vendido para o mercado de bolsas e sapatos por cerca de R$ 30 o centímetro, já a carne é destinada à alimentação e as vísceras são utilizadas para fazer ração animal.

A 1ª edição da Feira do Jacaré-açu de Manejo de Tefé deverá acontecer no dia 29 de fevereiro, com expectativa de comercialização de 50 a 70 jacarés-açus (equivalente a 700kg de carne) com tamanho inicial de 2 metros. Os cortes da carne (patas, tronco e o rabo) deverão ser feitos na própria feira e serão comercializados com o preço similar ao do pirarucu de manejo que varia de R$ 12 a R$ 13 o quilo da carne.

De acordo com o Secretário Executivo de Turismo, a expectativa da Prefeitura de Tefé é que a 1ª Feira do Jacaré-açu de Manejo seja um sucesso. Além da implantação da cadeia produtiva e comercial que envolve a comunidade, o cidadão irá consumir a carne do animal de forma “legal”. “Enquanto gestão municipal, temos o objetivo inserir a carne de jacaré no cardápio dos restaurantes de nossa cidade e assim trazer mais essa peculiaridade para o nosso município“, declarou o Christophan Mota.

A Prefeitura Municipal de Tefé está engajada para a comercialização do Jacaré-açu manejado na cidade, visando principalmente a melhoria econômica na vida da população tefeense, associada a uma estratégia bem-sucedida de desenvolvimento sustentável.



Nenhum comentário:

Postar um comentário