Vacina contra Alzheimer pode ser testada em humanos

Uma nova vacina para ajudar no combate à demência e ao Alzheimer deve começar a ser testado em humanos nos próximos 2 anos.

A vacina já foi posta à prova em experimentos com ratos de laboratório com resultados bastante promissores.

Desenvolvida por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, da Universidade de Flinders, na Austrália, e do Instituto de Medicina Molecular, também dos EUA, a vacina age sobre o sistema imunológico e o ajuda a evitar o surgimento desses problemas neurológicos.

De acordo com Ryan Whitwam, do site Extreme Tech, a nova vacina é capaz de prevenir a formação das placas responsáveis pelo surgimento de demência e do Alzheimer de uma só vez.

Os ensaios clínicos podem receber o sinal verde para serem iniciados em humanos em cerca de 2 anos.

Os pesquisadores responsáveis pelos estudos acreditam que o coquetel representa um importante avanço no tratamento de doenças neurológicas que, hoje, não têm cura.


Fonte: Renova Mídia



Postar um comentário

Postagem em destaque

Presidente do TCE-AM prorroga por mais 15 dias suspensão do expediente

O presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Mario de Mello, prorrogou por mais 15 dias a suspensão do expediente ...

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes