Dupla é presa por aplicar golpes próximo a agências bancárias - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

sábado, 1 de fevereiro de 2020

Dupla é presa por aplicar golpes próximo a agências bancárias

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), prendeu, na manhã desta sexta-feira (31/01), Sidinilson Mauro dos Santos Gonçalves e o foragido da Justiça, Adilson de Araújo Pena, pelo crime de estelionato. O terceiro integrante do bando, Carlos Fabrício Souza de Oliveira está sendo procurado pela polícia.

De acordo com as investigações, a dupla é apontada como autora de diversos golpes em agências bancárias em Manaus, utilizando o truque de substituir os cartões das vítimas e furtando valores em dinheiro das contas bancárias.

Nos últimos meses, segundo o delegado Aldeney Goes, titular da DERFD, foram registrados diversos crimes de estelionatos praticados pelo trio. Os suspeitos abordavam idosos que estavam sacando dinheiro. Após o saque, o trio se aproximava apresentando às vítimas um recibo com um pedido de recadastramento dos clientes, supostamente saído do caixa eletrônico.

“Naquele momento, eles convenciam a vítima a realizar um falso recadastramento bancário em que um deles se propunha a ajudar, o segundo o distrairia pra a troca do cartão, e o terceiro se fixaria na senha a ser digitada. No momento em que a vítima tentasse retirar o cartão bancário do caixa eletrônico, um estelionatário se adiantava e substituía o cartão da vítima por outro idêntico. Em posse do cartão original, o trio realizava compras e sacava os valores da conta da vítima”, informou.

Ainda segundo o delegado, até o momento foi identificado apenas o trio. No entanto, mais pessoas podem estar envolvidas nesses tipos de crimes. “Na maioria das vezes eles abordavam pessoas idosas. Eles tinham cupons produzidos, tinham bobinas e um programa que gerava uma letra muito parecida com a do caixa eletrônico, e usavam esse papel para enganar as vítimas. Um homem ficava atrás, vendo a senha da vítima, e os outros dois conversavam com a vítima para que ela se distraísse”, explicou Goes.

Com a dupla presa, foram encontrados diversos cartões bancários de vítimas e um vasto material para a prática de golpes. Ao ser preso, Adilson chegou a apresentar um RG falso de outro estado. Foi constatado que havia contra ele um mandado de prisão em aberto, no Acre.

Conduzida à delegacia, a dupla foi autuada pelos crimes de estelionato qualificado e associação criminosa. Adilson foi autuado, ainda, pelo crime de falsidade ideológica. Carlos Fabrício tem um mandado de prisão preventiva em seu nome. A Polícia Civil solicita que denúncias sobre o paradeiro do suspeito devem ser feitas ao Disque-Denúncia 181, da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Fotos: Divulgação/PC-AM



Nenhum comentário:

Postar um comentário