Wilson Lima lança ‘Escola Segura, Aluno Cidadão’ no bairro Jorge Teixeira e anuncia 'Muda Manaus' no Monte das Oliveiras - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

sábado, 8 de fevereiro de 2020

Wilson Lima lança ‘Escola Segura, Aluno Cidadão’ no bairro Jorge Teixeira e anuncia 'Muda Manaus' no Monte das Oliveiras

O governador do Amazonas, Wilson Lima, lançou, neste sábado (08/02), o programa 'Escola Segura, Aluno Cidadão' no bairro Jorge Teixeira, na zona leste da capital. O lançamento foi na Escola Estadual Vasco Vasques, que também recebeu ações do 'Muda Manaus', que terá sua terceira edição no bairro Monte das Oliveiras, zona norte.

O 'Escola Segura, Aluno Cidadão' tem foco na redução da violência no ambiente escolar e acontece com a parceria entre as secretarias de Educação e Desporto e de Segurança Pública.

Com o programa, o Governo busca contribuir para a melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem, proporcionando ambiente seguro e agradável nas unidades da rede estadual. De acordo com o governador, o 'Escola Segura, Aluno Cidadão' ajuda a implantar hábitos de disciplina, além de garantir reforço na segurança da escola.

“Hoje, estamos fazendo o lançamento aqui, no Vasco Vasques, da implantação do programa 'Escola Segura, Aluno Cidadão', cuja parte pedagógica continua sendo da Seduc, mas a parte de disciplina é da Polícia Militar, para que a gente possa fazer o resgate do respeito aos símbolos pátrios, ao hino, à bandeira, à questão da disciplina, da ordem, mas, sobretudo, para combater a questão da violência nas escolas”, afirmou o governador.

Neste ano, com o intuito de expandir as ações da iniciativa, foram realizadas mudanças primordiais, que vão desde a alteração de critérios para adesão ao projeto à metodologia usada nas escolas.

A secretária adjunta da capital, da Seduc, Arlete Mendonça, conta que a reformulação do programa se deu para que mais unidades pudessem aderir a ele.

“É um projeto que ele tem como marco referencial a disciplina, o rendimento, então nós não vamos estar só focados na disciplina, mas também no resultado acadêmico desses alunos. Com certeza, essa parceria com a Polícia Militar e a Secretaria de Segurança vem engrandecer o nosso trabalho, que nós já realizamos todos os dias na escola. Nós já temos 14 escolas que já tem o escopo do projeto nas suas unidades, e a Vasco Vasques está sendo escolhida a escola aqui no Jorge Teixeira”, disse a secretária.

'Muda Manaus' - O lançamento do "Escola Segura, Aluno Cidadão" foi apenas uma das ações realizadas dentro do programa "Muda Manaus", que levou serviços de mais de 20 secretarias e órgãos do governo à população do bairro Jorge Teixeira, durante três dias.

Neste sábado, Wilson Lima também entregou certificados de formação de brigadista pelo Corpo de Bombeiros, certificados de palestras educativas de trânsito pelo Detran-AM, documentos de identidade, carteiras de trabalho, termo de quitação de imóvel através da Suhab, Crédito Solidário através do Fundo de Promoção Social e cheques simbólicos de financiamento através da Afeam. Uma das beneficiadas foi Lilian Vinente, de 25 anos, que tem um empreendimento de família no bairro Jorge Teixeira.

“A gente tem uma padaria, só que ela era lá no Monte das Oliveiras, ela era alugada. Agora, nós viemos para um local próprio, e o financiamento da Afeam veio pra nos ajudar a terminar uma obra no nosso novo local, porque lá onde fica o depósito, o maquinário da padaria, ele precisa de uns ajustes. Então, o financiamento veio pra isso, para nos ajudar com isso”, disse.

'Peixe no Prato' - O governador ainda acompanhou a realização da sétima edição do programa "Peixe no Prato". Desta vez, foram comercializadas aproximadamente 1,2 toneladas de peixes populares, como o tambaqui roelo, tambaqui curumim e pirarucu de manejo a preços acessíveis, que variaram de R$ 5 a R$ 35.

No local, a ADS também montou uma feira de produtos regionais e foram vendidos alimentos frescos e cultivados na região metropolitana, como abacaxi, banana, mamão, couve, cebolinha, coentro, tomate, pimentão, pimenta de cheiro, macaxeira, batata doce, além de goma e farinha de tapioca.

“O 'Peixe no Prato' é um projeto que a gente faz a cada 15 dias e que oferece peixe às pessoas, com qualidade garantida e também com o preço mais baixo, tanto para o consumidor quanto para quem está fornecendo o peixe, para o pescador e também para o piscicultor. Aqui, a gente dá toda a estrutura para esses pescadores, para esses produtores, para que tragam o produto até aqui, para o consumidor final”, disse o governador.

O "Peixe no Prato" vai percorrer todas as zonas da capital em 2020. No ano passado, nas seis edições, o programa contribuiu com a comercialização de 6.980 quilos de pescado. O total de recursos gerados foi de aproximadamente R$ 46 mil. Ao todo 4.400 famílias foram beneficiadas diretamente com a compra do pescado.

A feira da ADS, que acompanha o programa, espera dobrar o volume de produtos vendidos. Em 2019, uma média de 7 toneladas de alimentos foi comercializada na capital e no interior. A ação movimentou mais de R$ 23 milhões em recursos para os produtores da agricultura familiar do Amazonas.


Fotos: Diego Peres e Michel Mello/SECOM



Nenhum comentário:

Postar um comentário