Google penaliza empresas lucrando com coronavírus

O Google está buscando penalizar aqueles que tentam lucrar com o pânico causado pela epidemia do novo coronavírus.

A companhia dos Estados Unidos está retirando de sua plataforma de buscas anúncios de máscaras e outros produtos relacionados ao medo da doença.

Um porta-voz do Google afirmou que a política de publicidade da plataforma proíbe a promoção de anúncios que mencionem explicitamente o coronavírus.

O Google passará a remover, por exemplo, anúncios que promovem máscaras N95 e minimizem a existência da doença.

Além de retirar os anúncios de venda de máscaras da plataforma, o Google está desmonetizando vídeos que tragam a palavra “coronavírus” ou toquem no tema.

Em conversa com a agência Business Insider, um porta-voz do Google declarou: “Estamos comprometidos em proteger os usuários e em fornecer informações úteis e autoritativas à medida que a situação do coronavírus continua a evolui.”

E, segundo o site InfoMoney, completou: “Com muita cautela, decidimos banir temporariamente todos os anúncios de máscaras médicas. Estamos monitorando ativamente a situação e continuaremos a tomar as medidas necessárias para proteger os usuários.”


Fonte: Renova Mídia



Postar um comentário

0 Comentários