Professora Jacqueline apresenta moção de Solidariedade a jornalista Larissa Balieiro

A vereadora Professora Jacqueline (sem partido) discursou na tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM), na manhã desta terça-feira (10/3) e repudiou todo e qualquer ataque ofensivo e principalmente de cunho machista em relação às mulheres.

Para exemplificar, a parlamentar se referiu ao caso da jornalista Larissa Balieiro, que foi alvo de xingamentos proferidos por torcedores, quando trabalhava na transmissão de uma partida de futebol, no Estádio Ismael Benigno, na Colina. O fato ocorreu no dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher.

A jornalista, que faz parte da equipe da Rádio Difusora de Manaus, usou as redes sociais para divulgar um vídeo e uma foto dos torcedores e informar que a torcida utilizou termos machistas para ofender as mulheres, entre os termos usados estavam a palavra vagabunda. Pelo Twitter, a jornalista lamentou que o fato tenha ocorrido justamente no Dia Internacional da Mulher e informou que denunciou o caso ao Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas.

“Venho a essa tribuna me solidarizar com essa jornalista, que foi assediada no estádio. O fato ocorrido no ultimo domingo é um reflexo do que acontece corriqueiramente em vários lugares. Solidarizo-me também com as torcedoras, esposas, namoradas e mães de atletas que passam por situações parecidas de ataques machistas’’, finalizou Jacqueline.


Foto: Robervaldo Rocha – Dircom/CMM



Postar um comentário

0 Comentários