Artemísia contra coronavírus: Madagascar alega sucesso - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

quarta-feira, 13 de maio de 2020

Artemísia contra coronavírus: Madagascar alega sucesso

Andry Rajoelina, presidente de Madagascar, afirmou, nesta terça-feira (12), que dos 171 pacientes identificados com coronavírus no país, 105 foram curados por um chá feito à base de artemísia.

Artemísia é uma planta medicinal, popularmente conhecida como Camomila-do-campo, Erva-de-fogo, Erva-de-são-joão, Rainha-das-ervas, que é muito utilizada pelas mulheres para tratar problemas do aparelho urogenital como infecção urinária e para acalmar os nervos.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) e a União Africana, além de outras organizações, lembram que esse produto ainda precisa de confirmação científica.

Em entrevista à RFI, nesta terça-feira (12), o presidente malgaxe confirmou: “80% da população de Madagascar recorre ao Covid Organics para se curar. É evidentemente um remédio preventivo e curativo, [que tem] funcionado muito bem contra o coronavírus”.

O chefe de Estado observou ainda: “É fruto de investigações feitas pelo Instituto Malgaxe de Pesquisas Aplicadas, que tem um estatuto de centro regional de investigações reconhecido pela União Africana.”

Rajoelina completou: “A prova sobre os resultados desse remédio que é esse chá feito à base de artemísia vem sendo a cura dos doentes, pois, em Madagascar dos 171 casos testados positivos para a Covid-19, 105 foram curados.”


Fonte: Renova Mídia



Nenhum comentário:

Postar um comentário