Dep. João Luiz reconhece empenho do Governo para que Estado volte à normalidade pós-pandemia - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Dep. João Luiz reconhece empenho do Governo para que Estado volte à normalidade pós-pandemia


Na manhã desta quinta-feira (28), em sessão virtual da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), o deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar Cristã, João Luiz (Republicanos), reconheceu o empenho do Governo do Amazonas para que o Estado volte à normalidade, pós-pandemia da Covid-19. Na última quarta-feira (27), o governador Wilson Lima (PSC) apresentou o plano de reabertura gradual do comércio e de igrejas em Manaus a partir de 1ª de junho.

“O Governo e toda sua equipe estão de parabéns pelo trabalho árduo, desenvolvido diariamente, para que o Estado volte a sua normalidade após dois meses de confinamento. É importante reconhecer esse empenho, que envolveu muito estudo e discussões, para que o Amazonas volte a avançar e superar esse momento de crise”, ressaltou João Luiz.

Com a inclusão das igrejas na 1ª fase de reaberturas das atividades, o parlamentar reiterou, ainda, a sensibilidade do governador Wilson Lima em compreender a importância do papel das instituições religiosas para a sociedade.

“Ao abrir um canal de diálogo e receber várias lideranças cristãs, o governador demonstrou boa vontade em ouvir e compreender a importância da reabertura das igrejas para os cultos presenciais. O governador está de parabéns pela postura e pela forma como tem conduzido o Estado no período de pandemia e pós”, enfatizou o Republicano.

João Luiz destacou, também, as regras e protocolos previstos no decreto estadual e que devem ser obedecidos nesta 1ª fase de reabertura das atividades. “A decisão do governo pela retomada das atividades está fundamentada em protocolos de segurança sanitária e recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). As igrejas, por exemplo, seguirão todas as normas regras sanitárias, garantindo a segurança das pessoas”, afirmou João Luiz, ao acrescentar que, entre as normas a serem cumpridas, está o distanciamento entre as pessoas e a limitação de público em cultos.

“As igrejas vão funcionar com apenas 30% de sua capacidade, obedecendo, rigorosamente, todas as medidas previstas no decreto estadual. Além disso, poderemos contar com o comando dos pastores, que darão todas as orientações ao público, seguindo os protocolos de higiene, o uso de máscara e de distanciamento entre pessoas”, explicou o parlamentar.

Mesmo diante da flexibilização aos cultos presenciais, o deputado João Luiz afirmou que as igrejas deverão manter a realização dos cultos remotos para atender as pessoas do grupo de risco.


Foto: Mauro Smith

Nenhum comentário:

Postar um comentário