Floristas esperam compensar perdas com vendas no Dia das Mães - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

sábado, 9 de maio de 2020

Floristas esperam compensar perdas com vendas no Dia das Mães

A pandemia de covid-19, que levou ao fechamento de diversos setores, impactou de maneira marcante os produtores de flores, que viram suas perdas chegarem a 100%. Por conta disso, a Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) está promovendo a campanha "Abrace com Flores", para incentivar as pessoas a presentearem com flores no Dia das Mães, lembrado amanhã (9).

"A pandemia interrompeu festas de casamento e eventos sociais, dentre outros, e isso impactou os produtores de flores", explica o presidente da Faesp, Fabio Meirelles. "O Dia das Mães é, também, uma das datas mais importantes para o setor. Por isso, criamos essa campanha para incentivar as pessoas a presentearem com flores."

O estado de São Paulo é o principal produtor e exportador de flores no Brasil. O país tem cerca de 8,3 mil produtores, 60 centrais de atacado (como as cooperativas, por exemplo), 680 atacadistas e prestadores de serviço e mais de 20 mil pontos de varejo.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor), a cadeia produtiva movimenta cerca de R$ 10 bilhões por ano, sendo que o estado de São Paulo representa quase 40% desse total. O Dia das Mães acaba tendo uma participação muito grande nessa movimentação, uma vez que é a segunda data mais importante do varejo. Por conta da quarentena, o varejo foi fortemente impactado. Os mais atingidos são os pequenos negócios.

Vendas online

Apesar de a atividade voltar a funcionar para a data, as normas de isolamento social ainda estão em vigor. Por isso, o setor recomenda utilizar os serviços online para compra e entrega de flores.
Podem ser utilizadas diversas plataformas, como a Pertinho de Casa, site de compras que interliga produtores, pequenos varejistas e consumidores, também criado pela Faesp em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-SP) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-SP), com apoio da Accenture, Vtex, Facebook e PagSeguro. As lojas também estão se preparando para atender às demandas.


Foto: Fabiano de Bruin
Fonte: Agência Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário