Hospital de campanha municipal conclui primeira etapa da obra e chega a 130 leitos - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

quinta-feira, 7 de maio de 2020

Hospital de campanha municipal conclui primeira etapa da obra e chega a 130 leitos

Em menos de um mês em funcionamento, o hospital de campanha municipal Gilberto Novaes, mantido pela Prefeitura de Manaus em parceria com o Grupo Samel e o Instituto Transire, superou a marca de mais de 100 leitos ativos, concluindo a primeira etapa das obras. Esta semana, a unidade hospitalar abriu 30 novos espaços de internação, chegando ao total de 130 leitos, sendo 39 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para atender pacientes diagnosticados com a Covid-19.

“Desde o início, acreditei na proposta trazida pela família Nicolau, com o grupo Samel, e a parceria do Instituto Transire. Em quatro dias, montaram esse hospital e no quinto já recebemos o primeiro paciente. Me deixaram muito surpreso e ao mesmo tempo feliz. Acredito muito em vontade, quando quer fazer, se faz, e essa unidade é a prova disso. Como estaria a saúde da cidade sem essa estrutura? Essa escola está salvando vidas”, destacou o prefeito Arthur Virgílio Neto.

Montada em um Centro Municipal de Educação Integrada (CIME), no bairro Lago Azul, zona Norte, com mais de seis mil metros quadrados, que estava pronta para ser inaugurada, a unidade já recebeu mais de 220 pacientes em 25 dias de funcionamento e conta com dois prédios. Com a abertura dos 30 novos leitos, a adaptação do primeiro prédio em uma estrutura hospitalar foi totalmente concluída.

Segundo o coordenador do hospital de campanha e diretor do Grupo Samel, Ricardo Nicolau, o ritmo de trabalho no local tem sido acelerado, para que, em breve, seja possível entregar à população amazonense 279 leitos, especialmente quando o Amazonas registra uma das maiores taxas de incidência do novo coronavírus no país.

“Transformar o que seria uma escola em um hospital não é uma tarefa fácil, mas não medimos esforços para cumprir essa missão, confiada ao Grupo Samel e ao Instituto Transire pelo prefeito Arthur Virgílio Neto. Já conseguimos concluir a adaptação do primeiro dos dois prédios existentes e, agora, estamos com 130 leitos funcionando. O nosso objetivo é chegar, o mais rápido possível, à capacidade máxima de 279 leitos para que esse hospital de campanha possa fazer ainda mais e continuar salvando mais vidas”, disse Ricardo Nicolau.

Todos os espaços de internação contam com a “Cápsula Vanessa”, desenvolvida pelos médicos fisioterapeutas do Grupo Samel, em conjunto com profissionais do Instituto Transire. A tecnologia foi batizada em homenagem à primeira paciente internada com o novo coronavírus na rede de hospitais Samel que precisou receber entubação orotraqueal, procedimento invasivo que pode ser evitado com a cápsula. O equipamento garante maior conforto aos pacientes, com um tratamento não invasivo, e diminui os riscos de contaminação dos profissionais de saúde.

Além dos 130 leitos ativos, o hospital conta com uma sala de tomografia computadorizada para auxiliar no tratamento da doença, bem como no diagnóstico precoce. Além disso, conta com um laboratório de análises clínicas com funcionamento 24 horas. Diante destes esforços acirrados contra o novo coronavírus, o coordenador do hospital de campanha municipal Gilberto Novaes solicita apoio da população para auxiliar na batalha. "Fiquem em casa, se possível. O isolamento é essencial para evitar um colapso ainda maior do sistema de saúde", enfatizou.


Foto – Ribamar Xavier / HCM



Nenhum comentário:

Postar um comentário