Covid: Grécia coloca campo de refugiados em quarentena - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

sexta-feira, 5 de junho de 2020

Covid: Grécia coloca campo de refugiados em quarentena


Autoridades da saúde da Grécia colocaram em quarentena o campo de refugiados de NEa Kavala, no Norte do país, após a confirmação de um caso de Covid-19 em uma mulher grávida.

O local, que abriga 1.550 pessoas, está sendo monitorado pela polícia para evitar entradas e saídas de pessoas. De acordo com o governo, equipes médicas da Organização Nacional de Saúde Pública estão examinando os residentes para calcular o número de possíveis contágios.

O campo já havia sido submetido a testes aleatórios, mas apenas 5% da população foi examinada. O objetivo mais imediato é testar 30% dos moradores, cerca de 500 pessoas.

Kostas Sionidis, prefeito de Peonia, onde fica o acampamento, decidiu fechar imediatamente as seis escolas frequentadas por crianças refugiadas para que os locais sejam desinfetados. A segunda-feira será de feriado na Grécia, então os alunos poderão voltar às aulas na terça-feira, sem riscos, afirmou o governante.

Também foram desinfetadas todas as áreas públicas nas quais os migrantes e refugiados do campo se reúnem, especialmente a praça central do pequeno povoado de Polykastro.

Este é o quinto centro de amparo de refugiados a registrar casos de Covid-19. O coronavírus SARS-CoV-2 já foi reportado em dois campos, um hotel da parte continental e instalações na ilha de Lesbos, nas quais são colocados em quarentena os migrantes que chegam do litoral turco.

Todos os campos e alojamentos que tiveram casos registrados possuem menos de 2.000 residentes, o que facilita o controle da situação. O temor das organizações humanitárias é que ocorram contágios em campos como o de Moria, em Lesbos, onde vivem quase 20 mil pessoas em condições precárias de saúde e higiene.


*Com informações da Agência EFE

Foto: EFE/EPA/Orestis Panagiotou
Fonte: pleno.news

Nenhum comentário:

Postar um comentário