Governador Wilson Lima lança edital para a piscicultura e entrega fomentos ao setor primário - O CHEFÃO DA NOTÍCIA

Breaking

Publicidade

terça-feira, 2 de junho de 2020

Governador Wilson Lima lança edital para a piscicultura e entrega fomentos ao setor primário


O governador Wilson Lima lançou, nesta terça-feira (02/06), por meio da Secretaria de Produção Rural (Sepror), um edital de chamamento público para aquisição de 210 kits com material de apoio a piscicultores do Amazonas. Na ocasião, também foram entregues 38 aeradores para fomentar a atividade no estado, além de 14 mil mudas de guaraná destinadas a produtores de seis municípios e de máscaras de tecido que serão distribuídas entre agricultores e servidores da Sepror no interior. A solenidade aconteceu no Parque João Brasiliano, localizado no Ramal do Baiano, estrada do Tarumã.

“Aqui nós entregamos kits que são fundamentais para a criação de peixes, para acompanhar o pH da água, para acompanhar todos os procedimentos envolvidos nessa criação. Fizemos também aqui a entrega de aeradores, que são importantes para a oxigenação da água, estamos também fazendo a entrega de mudas de guaraná, e essas mudas serão entregues para aqueles municípios que têm vocação para essa cultura, aqueles que já têm a cadeia formada desde a plantação até a produção”, afirmou o governador.

Para Wilson Lima, os fomentos fazem parte do processo de retomada gradual das suas atividades econômicas no Amazonas, após a fase mais crítica da pandemia do novo coronavírus. “Essa entrega vai ser importante para fomentar o setor primário neste momento em que a gente trabalha para a recuperação das atividades econômicas, mas também sem esquecer da proteção dessas pessoas”, acrescentou.


Piscicultura – O edital lançado pelo governador Wilson Lima vai beneficiar 210 piscicultores com kits colorimétricos, totalizando um investimento de R$ 204 mil. Cada kit tem capacidade para 100 análises de água, possibilitando a análise da sua alcalinidade total, dureza, pH, oxigênio dissolvido e níveis de amônia e nitrito. 

O material será distribuído para produtores ambientalmente regulares e que passaram pelos cursos de capacitação oferecidos pela Secretaria Adjunta de Pesca e Aquicultura (Sepa/Sepror).

“São piscicultores que vão obedecer a algumas regras, como ter o licenciamento ambiental, ter feito curso de capacitação em piscicultura, ter sido atendido pelo Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) e participar de associação. Conforme esses documentos que ele for apresentando, vai pontuando. Os que tiverem maior pontuação vão receber os kits”, detalhou Leocy Cutrim, secretário executivo adjunto da Sepa.


Também foram entregues 38 aeradores, com investimento total de R$ 100 mil, por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), para apoiar piscicultores de Manaus, Rio Preto da Eva e Presidente Figueiredo. Os produtos foram adquiridos por meio do Edital de Doação Onerosa, disponível no site da Agência (www.ads.am.gov.br), que possibilita a compra com preços subsidiados.

O proprietário da Fazenda Agroguerra de Presidente Figueiredo, Luiz Guerra, foi um dos alcançados pela ação. A família dele, que tem tradição na agricultura, entrou na piscicultura em 2019 e, neste ano, realizou a primeira despesca de tambaqui. 

“Só tenho que agradecer ao governador por essa atitude, que veio valorizar os pequenos e médios piscicultores do estado do Amazonas. Com isso, incentiva a gente a construir mais dentro d’água e gerar mais emprego familiar. Na nossa propriedade trabalhamos eu, minha esposa, minha nora, genro, filho, neto. Todos nós trabalhamos porque a gente tem esse incentivo do Governo. Se não tivesse, estaria bem difícil de agregar esse valor familiar na propriedade”, comentou.


Mudas de guaraná – O Projeto Prioritário do Guaraná recebeu um reforço com a doação de 14 mil mudas fornecidas por uma empresa de Presidente Figueiredo.

Serão beneficiados mais de mil produtores com as mudas de guaraná (Paullinia cupana) nos municípios de Boa Vista do Ramos, Coari, Presidente Figueiredo, São Sebastião do Uatumã, Urucará e Apuí. A distribuição será feita por meio das unidades locais do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam).

O titular da Sepror, Petrúcio de Magalhães Junior, destacou a importância de manter os incentivos ao setor primário, mesmo durante a pandemia de Covid-19. “Segundo dados do IBGE, o único setor que não teve prejuízo foi o setor agro. O agro não parou, os produtores continuaram produzindo alimentos, colocando na mesa dos cidadãos, abastecendo as cidades com alimentos e o plano de ação, de fomento e Plano Safra do Governo do Estado tem sido fundamental para fortalecer a produção no Amazonas”, pontuou.


Prevenção – Para fortalecer o combate ao novo coronavírus, o governador Wilson Lima entregou à Sepror 300 litros de álcool líquido e 120 litros de álcool gel 70%. O material será distribuído entre as unidades do Idam, os escritórios da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf) e a sede da secretaria.

Também foram entregues 10.860 máscaras de tecido confeccionadas pela Cooperativa de Trabalho de Artesanato Amazonense (Copamart), que serão doadas a 9.500 agricultores do interior e a 1.360 servidores do Sistema Sepror.

Segundo a presidente da cooperativa, Terezinha Lira, a encomenda das máscaras vai ajudar a complementar a renda de diversas costureiras. “Durante esses três meses de pandemia nós estamos fechados e sem executar nenhuma venda. Estas máscaras foram a primeira venda que nós fizemos, e eu quero muito agradecer ao nosso governador Wilson Lima, em nome de todos os cooperados da Copamart”, disse.

Fotos: Diego Peres/Secom

Nenhum comentário:

Postar um comentário